Prefeito inaugura agência dos Correios em Albuquerque e homenageia Veriano da Silva

O prefeito Paulo Duarte esteve hoje pela manhã em Albuquerque, a 70 quilômetros do centro de Corumbá, para a inauguração da agência dos Correios na região, uma parceria da prefeitura com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

 

A nova unidade prestará serviços de atendimento postal, como envio e entrega de correspondências, telegramas, encomendas, além do recebimento de contas e faturas. “Essa agência facilitará muito a vida dos moradores de Albuquerque. Até então, eles tinham de alugar uma caixa postal na agência de Corumbá ou dar o endereço de algum parente ou amigo na cidade, para buscar as correspondências depois”, destaca Maria de Carmo, presidente da Associação de Moradores de Albuquerque, onde a nova agência funcionará à partir da próxima semana.

 

O prefeito elogiou o trabalho conjunto da prefeitura e dos Correios para a realização de um importante sonho para a comunidade de Albuquerque e afirmou que esta é apenas a primeira de muitas realizações que se sucederão na região. “Toda grande caminhada começa por um pequeno passo e essa nova agência é apenas o primeiro passo. Quero assumir um compromisso com vocês de que outros importantes passos serão dados para demonstrar, de maneira prática, todo o reconhecimento que esta administração tem por Albuquerque”, disse. 

 

Segundo o Chefe do Executivo, a atual administração está sensível aos problemas e demandas de Albuquerque, sobretudo na saúde, segurança pública e pavimentação, e já trabalha para atendê-los. “O posto de saúde recebeu a visita do engenheiro da Secretaria de Saúde para uma análise técnica e estrutural e será reformado em breve”, informou. “Sobre as ruas, já está em andamento um estudo da equipe da Seinfra e o quanto antes começarão a ser pavimentadas. A regularização dos terrenos, outro pedido da comunidade, também está na pauta da FUPHAN para encaminhamento”, acrescentou o prefeito, que ainda adiantou que a comunidade contará com um CRAS totalmente revitalizado na sede da antiga escola Luiz de Albuquerque.

 

Telecomunicações

 

O prefeito Paulo Duarte aproveitou a ocasião para criticar a atuação das operadoras de telecomunicações na região. “O curioso é que essas operadoras são boas de propaganda, gastam milhões com atores globais, mas a prestação de serviços deixa muito a desejar”, disse. “Os nomes dessas empresas aqui soam até como provocação: a Vivo está morta, a Claro está escura, a Oi já deu tchau faz tempo e a TIM, tinha”, brincou.

 

De acordo com ele, apesar dos serviços de telecom não serem da alçada pública, a administração municipal não permitirá mais o descaso dessas empresas com seus usuários e assinantes em Corumbá. “Já conversamos com as operadoras e infelizmente nada mudou. Por isso, vamos no Procon, Ministério Público, enfim, faremos o que for necessário para melhorar essa situação, que não pode mais continuar desse jeito”.

 

A falta de segurança também é uma queixa recorrente em Albuquerque, por isso o prefeito afirmou que cobrará do Estado uma ação mas efetiva e permanente da Polícia Militar na região.

 

Veriano da Silva

 

Após a inauguração da agência dos Correios no centro comunitário de Albuquerque, o prefeito foi visitar a dona Celeste Dias da Silva, 78 anos, em sua casa ali perto. A residência de Dona Celeste, segundo Paulo Duarte, representa o início da realização desse sonho. 

 

Ela é viúva do professor Veriano da Silva (mesmo nome do centro comunitário), que cedeu sua própria residência e trabalhou incansavelmente durante 14 anos como uma espécie de representante dos Correios em Albuquerque. “E, detalhe, sem receber nenhum centavo por isso, buscando apenas, única e exclusivamente, o bem estar da comunidade”, disse o prefeito.

 

“É uma pena o sr. Veriano não estar vivo para ver seu sonho se tornando realidade, mas tive a grande satisfação e honra de descerrar a placa inaugural da agência dos Correios juntamente com a dona Celeste, que tanto o ajudou nessa missão de ensinar e aproximar as pessoas de Albuquerque de seus parentes e amigos distantes”, finalizou.