Escola de Música Manoel Florêncio abre 170 novas vagas no semestre

Estão abertas as inscrições para novos alunos na Escola de Música Manoel Florêncio mantida pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação de Cultura. Estão sendo disponibilizadas para este segundo semestre, um total de 170 vagas e as inscrições podem ser feitas na sede da própria Fundação, localizada na Travessa Helô Urt, 119.

 

Das 170 vagas, 120 são para o período diurno. São 60 para crianças de 09 a 12 anos, 30 em no matutino e 30 no vespertino; 30 vagas para adolescentes de 13 a 16 anos, 15 para cada período, e outras 30 para pessoas acima de 16 anos, 15 por período. Já no período noturno, a Fundação de Cultura abriu 25 vagas para até 16 anos e outras 25 para quem tem mais de 16 anos.

 

Para efetuar a matrícula, o aluno ou seu responsável, se menor de idade, deve procurar a sede da Fundação de Cultura, apresentar cópia de um documento pessoal do aluno (RG ou certidão de nascimento), uma foto 3×4 e comprovante de que o mesmo esteja matriculado em alguma escola da Rede Municipal de Ensino.

 

Segundo a diretora-presiente da Fundação e Cultura Márcia Rolon, agora na Escola de Música está sendo implementado um plano político pedagógico, “os novos e os antigos alunos terão uma escola de música com metodologia, teoria musical, além dos novos instrumentos que foram adquiridos, os populares e os de banda”.

 

Os novos alunos passarão por um curso de teoria musical e, após adquirir o domínio da leitura musical, passará para a prática instrumental, participando de uma triagem com os professores, para saber qual instrumento se encaixa melhor às suas características (biotipo, porte físico, coordenação motora, etc.). A escolha do instrumento será de livre opção do aluno.

 

Alunos antigos

 

Estão também abertas as inscrições para alunos antigos. Neste caso, eles devem apresentar seus documentos atualizados e uma foto 3×4. Estão sendo oferecidas duas turmas. A novidade é que, aqueles que já estão tocando algum tipo de instrumento, além das aulas teóricas e práticas, participarão também da Banda Jovem, um laboratório de prática de conjunto.