Com vereadores, prefeito discute ações e projetos para Corumbá

O prefeito Paulo Duarte recebeu na manhã dessa segunda-feira (26) doze dos quinze vereadores de Corumbá. Os representantes do Legislativo Municipal apresentaram uma carta com algumas indicações, sugestões e reivindicações sobre várias áreas da Administração, como o turismo, educação, infraestrura, trânsito, saúde e a segurança pública.

 

Um dos primeiros pontos tratados durante a reunião foi o ensino em tempo integral. O prefeito falou sobre o projeto atualmente aplicado em quatro escolas da Rede Municipal e que deve ser ampliado em 2014. A finalização da obra do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), tocada pelo Governo Federal, também foi abordada.

 

No Popular Velha, onde o prédio do IFMS está sendo construído, a Prefeitura inicia neste ano o asfaltamento da rua Pedro de Medeiros e a conclusão do Parque Urbano Zumbi dos Palmares.  Os vereadores também propuseram um trabalho integrado junto ao Governo do Estado para a implantação de uma unidade da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) na cidade. “Meu comportamento é de agregar, buscar o melhor para a cidade e para a população”, afirmou o prefeito.

 

Em relação ao turismo, Paulo Duarte fez uma explanação sobre a aplicação do recurso liberado pelo Ministério do Turismo para a implantação de sinalização turística em pontos estratégicos de Corumbá. O projeto está em fase final de conclusão.

 

O Galileu, prédio histórico localizado no cruzamento das ruas Frei Mariano e a avenida General Rondon, também foi assunto comentado durante o encontro. O chefe do Executivo Municipal garantiu que o local estará totalmente recuperado até dezembro deste ano.

 

Lá serão sediadas a Fundação de Desenvolvimento Urbano e do Patrimônio Histórico de Corumbá (Fuhpan) e o setor de habitação do município. A última fase, onde estão sendo aplicados quase R$ 400 em recursos próprios, já foi iniciada”, reforçou.

 

Paulo Duarte também detalhou os projetos para a recuperação do Cristo Rei do Pantanal, do parque Marina Gattass, do Mirante da Capivara e a conclusão da segunda etapa do Centro de Convenções do Pantanal.

 

Infraestrutura

 

Um dos pontos mais discutidos com os vereadores foi infraestrura e os serviços públicos da cidade. “Estamos concluindo o plantio de 5 mil mudas de árvores pela cidade e a sinalização das ruas já está sendo licitada pela Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte)”, adiantou o prefeito. As mudanças na entrada da cidade também devem ser iniciadas, no máximo, até o mês de outubro.

 

Paulo ainda apresentou as propostas para a regularização das calçadas e implantação de ciclovias em várias regiões. Outro tema abordado na reunião foi a celeridade nos trâmites da Prefeitura, principalmente na área da construção civil. “Montamos uma comissão para buscar essa desburocratização e dar simplicidade e agilidade a esses processos. Mas ao mesmo, e é importante que se diga isso, vamos exigir o cumprimento da Lei”, destacou.

 

Saúde

 

Na carta elaborada pelos vereadores, também foram destacadas propostas para a viabilização do Hospital Evangélico e de um Hospital Municipal para Corumbá. Para os dois casos, a participação efetiva do Ministério da Saúde foi posta como fundamental. “Hoje o dilema da cidade, assim como de todo o País, é a falta de médicos”, voltou a afirmar o prefeito.

 

“Entramos no programa Mais Médicos e, na semana que vem, mais profissionais devem chegar à região para atuar exclusivamente da Atenção Básica”, continuou, enfatizando ainda a aplicação de R$ 7 milhões – viabilizados de emendas parlamentares da bancada federal do Estado – na reforma e construção de novas Unidades Básicas de Saúde.

 

“Hoje estamos priorizando a conclusão da UPA do Guatós. E estamos tomando muito cuidado para não termos prédios prontos, mas sem equipamentos de trabalho ou sem profissionais”, observou Paulo Duarte.

 

Economia e Segurança

 

No setor econômico, o prefeito apresentou o estudo feito pela Prefeitura para a elaboração de uma Lei de Incentivo Fiscal. O objetivo é atrair novas empresas para o município, aumentando assim o mercado de trabalho para a população local. A recuperação do Rio Taquari e a implantação da Zona Franca também foram abordados. Ambas situações dependem de decisões do Governo Federal.

 

Na área da Segurança Pública, o prefeito adiantou uma conversa que teve na semana passada com o governado André Puccinelli, na qual ficou acordado o envio de mais homens para as forças de segurança estaduais. “Paralelo a isso, temos auxiliado, e muito, o comando do 6º Batalhão de Polícia Militar”, observou Duarte.

 

O prefeito ainda falou sobre a implantação do projeto Cidade Digital, parceria da Prefeitura com o Ministério da Justiça que visa a instalação de mais câmeras de segurança nos principais pontos da cidade. “Vamos encaminhar para a Câmara um projeto de lei para normatizar a utilização desses equipamentos”, esclareceu.

 

Ainda segundo o prefeito Paulo Duarte, uma nova sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve ser construída na rodovia Ramão Gomes, principal acesso à Bolívia, o que deve inibir a atuação de marginais na região. “As perspectivas são muito boas. Por isso quero agradecer o apoio recebido por vocês e proponho que façamos reuniões como essa periodicamente”, concluiu.

 

Participaram do encontro os vereadores Marcelo Iunes, presidente do Legislativo Municipal; João Lucas Martins, segundo vice-presidente; Tadeu Vieira, primeiro secretário; Luciano Signorelli Costa, segundo secretário; Cristina Lanza, líder do Governo na Casa; Antônio Sabatel; Enio Castelo; Evander Vendramini; Roberto Façanha; Rogério Candia; Salatiel Nascimento da Costa, e Yusseff El Salla.