Prefeito lança Festival Estudantil da Canção de Corumbá na quinta-feira

O prefeito Paulo Duarte recebeu na tarde de segunda-feira, 29, o edital com o regulamento do Festival Estudantil da Canção de Corumbá (FECC), que será lançado oficialmente na quinta-feira, 01, na Escola Municipal Tilma Fernandes, às 09 horas. Programado para acontecer entre os dias 18, 19 e 20 de setembro, na Praça da Independência, o evento faz parte das comemorações do aniversário de 235 anos da cidade.

 

Durante o encontro, o chefe do Executivo falou sobre a importância do festival que garante explorar o potencial educativo através da música no ambiente escolar. “Nós entendemos que essa é uma forma importante de movimentar as escolas, de fortalecer e fomentar os talentos que nós temos nas unidades de ensino”, destacou Paulo acrescentando que o festival possui natureza educativa, artística e cultural, além de promover o desenvolvimento das diversas expressões da arte.

 

 

Como parte do calendário de programação de aniversário da cidade, o projeto de política cultural inclui também a proposta de resgatar talentos da música local. “Ao invés de só trazer shows de fora, vamos apresentar nossos grandes talentos da terra. E adianto que será uma grande festa da educação e da cultura corumbaense”, declarou o prefeito Paulo Duarte.

 

 

De acordo com a comissão organizadora do evento, formada pelas secretarias de Assistência Social e Cidadania, Educação e as Fundações Cultura e de Esporte de Corumbá, as inscrições serão abertas a partir do dia 05 de agosto em todas as escolas públicas e particulares do Município.

 

 

Com caráter educativo, artístico e cultural, o FECC será dividido por idades: 7 a 11 anos, de 12 a 17 anos, e para os jovens com idades a partir dos 18 anos. Cada instituição de ensino ficará responsável por organizar as eliminatórias de acordo com cada categoria.

 

 

O Festival foi uma ideia do prefeito Paulo Duarte, anunciada durante a solenidade comemorativa aos 52 anos da Cidade Dom Bosco, em abril. O chefe do executivo Municipal tomou esta decisão após se emocionar com a “belíssima apresentação”, classificada por ele próprio, da jovem Yasmin Raphaella Balbueno Jaber, aluna da oitava série da Escola Dom Bosco, durante a encenação da Paixão de Cristo.