Plano de Gestão Integrada para orla portuária é apresentado em audiência

O Plano de Gestão Integrada (PGI) para a orla portuária de Corumbá foi apresentado nesta quarta-feira (10), durante audiência pública promovida pela Prefeitura no Centro de Convenções do Pantanal. “Estamos aqui não somente para falar da utilização desse espaço, mas para resgatar a nossa vida, nossa história”, enfatizou o prefeito Paulo Duarte durante a abertura do evento.

“Nascemos através do Porto de Corumbá, que na metade do século XIX, ainda no Brasil Império, foi transformado num porto comercial e anos depois foi considerado o terceiro porto da América Latina em movimentação”, continuou. O prefeito também destacou a presença maciça da população, que lotou o auditório.

“O que discutimos aqui é muito importante para nossa cidade e queremos efetivamente uma audiência pública onde as pessoas falem, apresentem propostas. Temos quer partir de uma proposta que crie uma discussão com a cidade, com a sociedade e todos seus segmentos envolvidos”, explicou.

“Queremos a participação efetiva da população nessa discussão porque ela é importante não só para o Poder Público Municipal, mas para o setor privado, empresarial. Estamos trabalhando, antes mesmo desta audiência pública, em continuar aquilo que já foi feito de importante para esta região”, disse, relembrando a importante atuação do Governo Federal na revitalização do Porto Geral através do programa Monumenta.

“Sabemos da importância da nossa cidade para o Estado e para o País. Queremos tratar efetivamente desse assunto com absoluto respeito e responsabilidade, mas vamos sim ter que tomar algumas decisões importantes, frutos dessas discussões. Por isso é fundamental a participação das entidades, da população, inclusive ribeirinha, que faz parte da história dessa orla portuária”, completou o prefeito de Corumbá.

Presente na solenidade, o prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria, também ressaltou a participação da comunidade. “Estamos aqui para aprender. Queremos fazer uma audiência pública dessa qualidade em Ladário e, dessa forma, conseguirmos um desenvolvimento daquilo que a vocação para a nossa cidade, que é o Porto, a Orla e a nossa hidrovia”, afirmou o chefe do Executivo ladarense.