Guardas Municipais realizam prova escrita de curso neste domingo

Será neste domingo, 14, a prova escrita objetiva do Primeiro Módulo do Curso de Movimentação na Carreira dos Integrantes da Guarda Municipal de Corumbá. A capacitação é oferecida pela Prefeitura, por meio da Escola de Governo (Egov), e busca a qualificação técnica e profissional de todos os membros da corporação, a mais antiga do Mato Grosso do Sul e também uma das pioneiras de todo o País.

 

Neste final de semana, a Escola de Governo publicou informa sobre a a prova escrita que conterá 30. A avaliação será na Escola Pedro Paulo de Medeiros, das 09 às 12 horas.

 

O candidato deverá apresentar-se no local da prova com antecedência mínima de 30 minutos do horário marcado para seu início, munido do documento oficial de identidade original e caneta esferográfica preta ou azul, fabricada em material transparente. O portão será fechado às 08h30.

 

Somente serão aceitos os seguintes documentos de identidade: Cédula Oficial de Identidade (RG) expedida pela Secretaria de Segurança Pública (com registro da etnia indígena, quando for o caso), Carteira das Forças Armadas, Carteira Nacional de Habilitação (CNH – carteira de motorista com foto), Carteira expedida por Órgãos ou Conselhos de Classe, Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, devendo ser apresentado, preferencialmente, a Cédula Oficial de Identidade (RG).

 

O documento de identidade deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação, não sendo aceita cópia, ainda que autenticada.

 

Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia da realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá ser apresentado documento, expedido nos últimos 30 dias, que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, sendo que, neste caso, o candidato participará das provas de forma condicional, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados e de assinatura de termo de compromisso para apresentação do documento hábil, no prazo máximo de 30 dias.

 

Não serão aceitos como documento de identidade: certidão de nascimento, título eleitoral, carteira de motorista (sem foto), carteira de estudante, carteira funcional sem valor de identidade, Cadastro de Pessoa Física – CPF, certificado de reservista e documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

 

O candidato, ao ingressar no prédio, deverá dirigir-se à sala em que terá que prestar prova, onde, após ser identificado, tomará assento e aguardará seu início.

 

O candidato convocado para a realização da prova e que não comparecer no dia, local e horário estabelecidos estará automaticamente eliminado.

 

A prova escrita objetiva terá a duração máxima de 03 horas, com início às 09 horas e término às 12 horas.

 

A Prova Escrita Objetiva constará de questões de múltipla escolha com 4 alternativas, sendo uma única alternativa correta, e versará sobre o conteúdo programático da Apostila do Curso.

 

O candidato deve preencher as informações solicitadas no Caderno de questões (seu nome, RG, matrícula e assinatura); conferir  se o seu caderno contém as 30 questões e se estão na ordem. Caso o caderno esteja incompleto, tenha qualquer defeito ou apresente divergência, comunique ao aplicador da sala para que ele tome as providências cabíveis; não dobrar, não amassar e nem rasurar o cartão resposta;

 

Reservar os 30 minutos finais para marcar seu cartão. Os rascunhos e as marcações assinaladas no Caderno de Questões não serão consideradas na avaliação; quando terminar  a prova, acenar para chamar o aplicador e entregar i caderno e o cartão.

 

Em nenhuma hipótese haverá substituição do Cartão Resposta, sendo de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos de marcações incorretas.

 

O candidato somente poderá retirar-se da sala onde se realiza a prova depois de decorridos 60 minutos do início da mesma; a interpretação dos enunciados faz parte da aferição de conhecimentos e da avaliação, não cabendo, portanto, esclarecimentos adicionais durante a realização da prova.

 

Será eliminado o candidato que usar, durante a realização da prova, máquina de calcular, rádios, gravadores, fones de ouvido, telefones celulares, pagers, equipamentos eletrônicos ou fontes de consulta/comunicação de qualquer espécie; ausentar-se da sala sem assinar a lista de presença, diante do fiscal; prestar, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata; perturbar, de qualquer modo, a ordem no local de aplicação das provas, incorrendo em comportamento indevido durante a realização do Exame; comunicar-se, durante as provas, com outro participante verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma; utilizar livros, notas ou impressos durante a realização do Exame, ou mesmo ausentar-se da sala de provas levando consigo o Caderno de Questões e o Cartão Resposta a qualquer tempo.

 

O Caderno de Questões e o Cartão Resposta deverão ser respondidos, obrigatoriamente, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Não haverá tempo adicional para preencher o cartão de respostas. Os três últimos candidatos, ao entregarem o caderno e o cartão, permanecerão em sala como testemunhas do encerramento dos trabalhos a cargo do fiscal de sala. 

 

O Gabarito Oficial  da Prova Escrita Objetiva será divulgado e disponibilizado, via Internet, no site da Prefeitura de Corumbá: www.corumba.ms.gov.br. Serão admitidos recursos da prova, que deverá ser interposto exclusivamente pelo candidato, desde que devidamente fundamentado e apresentado no prazo de 03 dias úteis, contados a partir do dia da divulgação do resultado da prova escrita objetiva. Os recursos deverão ser digitado em duas vias e assinado, entregues na Escola de Governo, cabendo à Comissão de Seleção a apreciação.

 

O resultado da Prova Escrita Objetiva será divulgado por edital próprio no Diário Oficial do Município e disponibilizado via Internet, no site www.corumba.ms.gov.br, contendo a pontuação obtida pelos candidatos, por ordem decrescente de pontuação.

 

Em conformidade com o artigo 3º, parágrafo segundo do Decreto 723 de 16 de dezembro de 2009 (o membro da Guarda Municipal para concorrer à promoção vertical, por antiguidade ou merecimento deverá obter aprovação em curso especifico para movimentação da carreira), sendo assim a prova valerá de zero a dez e será considerado aprovado na Prova Escrita Objetiva o candidato que obtiver a pontuação igual ou superior a 50% do total de pontos da prova e em caso de dízima periódica será elevada as decimais para cima.

 

A Prova Escrita Objetiva será aplicada com base nas disciplinas oferecidas durante o curso: Legislação Direito – sua concepção e função; A segurança pública na Constituição Federal, Estadual  e na Lei orgânica(04 H/A); Ética,Direitos Humanos e Cidadania(04 H/A); Espaço Público e Comunidade(04 H/A;Trânsito, Legislação de Trânsito  (CTB)(08 H/A); Noções Básicas de primeiros Socorros(12 H/A); Relação Jurídica do Trabalho – Direitos e Deveres(04 H/A); Uso Legal e Progressivo da Força e Defesa Pessoal(12 H/A); Comunicação, Informação e Tecn. Em Seg. Pública(08 H/A); Técnicas e Procedimentos – Técnicas de abordagem(08 H/A); Papel  da Guarda Municipal e a gestão integrada em segurança Urbana(04 H/A); Meio Ambiente e Legislação(04 H/A).