Fim de um drama. Prefeitura inicia obras de pavimentação no Cravo

O drama dos moradores do Cravo Vermelho está com os dias contados. Na manhã desta sexta-feira, 05, o  prefeito Paulo Duarte autorizou o início das obras de drenagem e pavimentação asfáltica da Rua 7 de Setembro, que vai ligar o conjunto Cravo Vermelho II ao Anel Viário, no Bairro Guató, beneficiando os moradores de toda aquela região, na parte alta da cidade (sul), especialmente os alunos da Escola Municipal Almirante Tamandaré. E com um detalhe: todo o trecho, cerca de um quilômetro, contará também com calçadas nos dois lados da pista, garantindo a segurança dos pequenos estudantes, principalmente.

 

A drenagem e pavimentação da 7 de Setembro faz parte de um pacote de obras que vai atender também o Bairro Guarani, ao lado da nova Corumbá. Na região, o prefeito também autorizou o início dos serviços na manhã desta sexta. Nas duas regiões os investimentos somam R$ 2.950.551,61, sendo R$ 1.887.330,92 só para drenagem, verba oriunda da própria Prefeitura, proveniente de impostos que a população paga, e R$ 1.063.220,69 para pavimentação asfáltica, recurso do Governo Federal, via emenda parlamentar do senador Delcídio do Amaral.

 

Ao chegar ao Cravo Vermelho, ao lado dos vereadores Luciano Costa (PT), Roberto Façanha (PMDB), Tadeu Vieira (PDT) e Cristina Lanza (PT), e também de assessores, Paulo percorreu um trecho da rua 7 de Setembro, já interditado para execução da drenagem. Acompanhou uma das máquinas fazendo perfuração do solo e retirada de rochas (calcário); assinou a ordem de serviço para, em seguida, se dirigir à Escola Almirante Tamandaré, onde foi recebido com aplausos pelos pequenos alunos.

 

O prefeito citou as dificuldades em realizar obras de drenagem em Corumbá, devido ao solo rochoso, mas que é necessária para eliminar problemas de inundações e garantir a qualidade do asfalto. “É uma obra que fica enterrada, que não é vista pela população. No entanto, é de extrema importância principalmente para a comunidade do Cravo”, explicou.

 

“Estive aqui em fevereiro durante um período de muita chuva. Vi a tristeza das famílias. Casas tinham sido invadidas pelas águas. Conversei com os moradores e reforcei um compromisso que tinha feito durante a minha campanha, para solucionar este grave problema. Temos projetos em Brasília, mas não podemos esperar. Por isso mesmo decidimos, com recursos próprios, iniciar esta grande obra, para depois implantar o asfalto”, informou Paulo.

 

O prefeito conversou bastante com lideranças e moradores do Cravo Vermelho. Disse que é início de um “grande plano de ação em toda a cidade” que vai beneficiar também outras comunidades não só com drenagem e asfalto, mas também outra benfeitorias”.

 

Inundação

 

A obra iniciada nesta sexta no Cravo Vermelho, será fundamental para tranquilizar os moradores, principalmente do Cravo Vermelho II e III, que viviam um constante drama causado pelas chuvas: inundação de suas casas.

 

O projeto em execução, conforme o prefeito, é para solucionar o problema. Toda a água que desce da região de morraria, em período de chuva, será captada pela rede de drenagem que está sendo implantada na 7 de Setembro. Somente após a conclusão da drenagem é que será implantado o asfalto, cujo recurso também já está assegurado: a emenda de mais de R$ 1 milhão do senador Delcídio do Amaral.

 

Calçamento

 

Paulo Duarte anunciou também outra benfeitoria para a comunidade do Cravo Vermelho, que beneficia também moradores do Guató. “Caminhando pela 7 de Setembro, observei que havia algo mais a ser feito, calçada dos dois lados da rua. Vamos fazer a drenagem, asfaltar e implantar a calçada para garantir maior segurança aos moradores dessa região, especialmente dos alunos, que terão um local mais seguro para caminhar”, disse, lembrando que o trecho contará com sinalização adequada, para evitar acidentes.

 

Ao anunciar a calçada em uma extensão de cerca de um quilômetro, o chefe do executivo corumbaense comentou que este serviço, que não consta no projeto, será cobrado dos proprietários de terrenos e imóveis localizados ao longo da via. Paulo quer, até o final do ano, estar com toda esta obra concluída.

 

“Os recursos já estão assegurados. O asfalto será com a emenda do senador Delcídio, e a drenagem com verba da própria Prefeitura. E esta é a primeira grande frente desse plano de ação que estamos iniciando neste segundo semestre. Vamos transformar Corumbá em um grande canteiro de obras, serviços realmente fundamentais para as pessoas que vivem aqui”, reforçou.

 

O prefeito, antes de deixar a região, se encontrou com os alunos da Escola Almirante Tamandaré. Falou das obras iniciadas nesta sexta e agradeceu o carinho das crianças “que só me fortalece e me faz trabalhar cada vez mais pela cidade”. Desejou boas férias a todos e anunciou que retorna ao estabelecimento em agosto, para fazer a entrega do kit escolar que, este ano, será reforçado com uma mochila e tênis.

 

Além dos vereadores, o prefeito estava acompanhado da primeira dama Maria Clara Scardini, diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico; dos secretários Luiz Mário Preza Romão (Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos) e Hélio de Lima (Governo), além de outros assessores.