Corumbá discute transporte coletivo em audiência pública esta noite

A população corumbaense terá mais uma oportunidade de participar do processo licitatório de concessão da empresa que será responsável pela operação do Sistema Integrado de Transporte Coletivo Urbano e Rural no Município. Será na noite desta sexta-feira, 5 de julho, durante a audiência pública que acontece a partir das 19 horas, no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez.

 

A audiência foi convocada pelo prefeito Paulo Duarte e será de extrema importância para subsidiar o edital licitatório, que está sendo elaborado de forma bastante criteriosa, para por um fim aos problemas do sistema de transporte de passageiros urbano e rural. Este documento vai normatizar o procedimento de concessão para operação do serviço de transporte coletivo no município.

 

Ao convocar a audiência pública, o prefeito ressaltou a importância da participação popular no processo. Conforme ele, a população tem que ter conhecimento do que está sendo proposto e contribuir na implementação das políticas de mobilidade urbana, especialmente as relacionadas aos serviços de transporte coletivo urbano e rural.

 

O cronograma estabelecido pela Prefeitura prevê que o edital do procedimento licitatório seja publicado até o final do mês de julho e ter o processo concluído durante este segundo semestre, em cumprimento a um compromisso de oferecer transporte público digno, com qualidade e conforto para a população corumbaense, bem diferente do atual sistema, regido por um contrato firmado em 1996, 17 anos atrás.

 

“A cidade cresceu, desenvolveu nos últimos anos. Portanto, há necessidade do transporte coletivo se adaptar à atual realidade, inclusive como elemento indutor de contínua evolução, representada pelo crescimento populacional, pela expansão territorial, bem como pela descentralização espacial das atividades econômicas e sociais”, comentou.

 

O edital está sendo elaborado de forma criteriosa, inclusive com estudos e avaliações de natureza técnico-operacional, econômico-financeira e jurídico-legal, visando melhorias e modernização necessária para um sistema municipal moderno e eficaz, inclusive com veículos novos, climatizados, por exemplo.

 

Esta será a segunda audiência pública para tratar do assunto. Segundo a diretora-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte, será importante para enriquecer ainda mais o documento.

 

“Tudo está sendo feito para que tenhamos um transporte coletivo de qualidade. Estamos buscando bons exemplos fora, em grandes centros, e vamos realizar esta nova audiência pública, para aprofundar mais ainda no assunto e discutir com maior ênfase o tema. O importante é que a Prefeitura está trabalhando neste edital que vai abranger todos os avanços que a população tanto deseja, para que tenhamos um serviço inovado e de qualidade”, ressaltou.