Após licitação, Corumbá começa a receber remédios e suprimentos

Uma importante notícia para toda a população de Corumbá: após conclusão do processo licitatório, começaram a chegar nesta semana os medicamentos e materiais de procedimento que abastecerão as 22 unidades (18 UBS, unidades de especialização, hemonúcleo, farmácia municipal e Pronto Socorro) que compõem a rede municipal de saúde.

 

Nesta quarta-feira, 10, o Almoxarifado da Saúde recebeu o primeiro carregamento de diversos materiais de procedimento, como gaze, fita de glicemia, algodão, agulha, seringa, álcool, soro fisiológico, avental, lençol descartável e demais suprimentos. Na próxima sexta-feira, chegarão os medicamentos antibióticos, anti-inflamatórios, anti-hipertensivos, antidiabéticos orais, entre outros, o que deixará a rede de saúde a 80% de sua capacidade de abastecimento dentro de cinco dias úteis à partir da próxima segunda-feira. A chegada dos suprimentos odontológicos está prevista para a semana que vem.

 

Segundo o prefeito Paulo Duarte, infelizmente uma série de problemas burocráticos envolvendo a transição administrativa da cidade culminou com a falta de medicamentos na rede de saúde. No entanto, ele garantiu que episódios como este não mais ocorrerão em Corumbá enquanto ele for prefeito. “Afirmo que não faltarão mais medicamentos e demais suprimentos na rede de saúde nesta administração, pois faremos um controle rigoroso no almoxarifado”, adiantou.

 

O controle que está sendo implantado no Almoxarifado da Saúde tem o objetivo de conferir mais dinâmica, agilidade e pro-atividade da gestão logística. Para isso, os pedidos passam a ser realizados em menor volume, porém com maior frequência e maior variedade para que nunca faltem os medicamentos e suprimentos básicos na rede municipal de saúde.