Programa Social Povo das Águas retorna neste mês à região do Taquari

Realizado pela Prefeitura de Corumbá, o Programa Social Povo das Águas retorna na próxima semana para a região do Taquari. Entre os dias 28 de junho e 01º de julho, a equipe multidisciplinar da ação vai atender as mais de 270 famílias ribeirinhas que vivem isoladas no Pantanal sul-mato-grossense.

No dia 28, os profissionais estarão no Porto Figueira, onde serão assistidos os moradores da Colônia São Domingos, e no Porto Sairu, onde estarão os ribeirinhos do Bracinho. O trabalho será realizado das 8h às 13 horas. No sábado, dia 29, a ação estará concentrada no Porto Sagrado, onde fica das 8h às 15 horas.

No domingo, dia 30, a equipe da Prefeitura estará no Porto Santa Ana, também das 8h às 15 horas. A quarta edição do Programa Social termina no dia 01º de julho, segunda-feira, na fazenda Espora de Prata, quando serão atendidas as famílias ribeirinhas das regiões do Rio Negro, Corixão e do Cedrinho.

Coordenado pela Secretaria de Governo, o Povo das Águas reúne as secretarias municipais de Assistência Social e Cidadania, Saúde, Educação e Produção Rural. Participam da equipe médicos, dentistas, enfermeiras, assistentes sociais, vacinadoras, técnicas de enfermagem, agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.

Na primeira ação do ano, realizada no Taquari em maio, só a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania acompanhou quase 700 pessoas cadastradas em programas como o Bolsa Família e o Cadastro Único. Os técnicos ainda fizeram o preenchimento de fichas para o Diagnóstico de Vulnerabilidade Social, orientações sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC), controle de cestas básicas e demais benefícios entregues após o mapeamento feito pela Defesa Civil.

Além da cesta básica, todas as famílias receberam charque, mosquiteiros, lona e botas de borracha, materiais adquiridos pela Prefeitura. A Secretaria Municipal de Produção Rural ainda fez a doação de aproximadamente uma tonelada de feijão. A distribuição foi realizada de acordo com a quantidade de pessoas, variando entre três e quatro quilos por família.

Na parte de Saúde, os profissionais da Secretaria Municipal realizaram 295 consultas, 343 procedimentos de enfermagem, 85 odontológicos e aplicaram 60 tipos de vacinas diversas. Um agente de saúde fez a pesagem de 150 crianças, de 0 a 5 anos, para o Bolsa Família, enquanto o CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) vacinou 78 cães contra a raiva.

A parte preventiva também teve destaque na primeira ação do ano. O CAPS ad atendeu jovens, crianças e adultos com orientações sobre as conseqüências do alcoolismo. Uma psicóloga do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) também realizou palestras informativas sobre os serviços oferecidos pelo Centro e orientações sobre os tipos de violências e prevenção à violação de direitos para crianças e adolescentes.

O corte de cabelo foi outro serviço de destaque. Os moradores aguardavam ansiosos pela cabeleireira que, voluntariamente, ajudou a levantar a autoestima desses ribeirinhos. Foram feitos aproximadamente entre 15 a 20 cortes por dia. A Secretaria Municipal de Educação, por sua vez, realizou atividades recreativas e lúdicas para crianças e adolescentes, totalizando aproximadamente 315 participações diretas nas atividades.

As técnicas da Educação também abordaram temas como a violência familiar, aproveitando que duas integrantes do Conselho Municipal da Mulher integram a equipe. Como a primeira edição do Povo das Águas ocorreu na época da Páscoa, foram distribuídas aproximadamente 500 sacolinhas com guloseimas para as crianças ribeirinhas.