Prefeitura vai fornecer sacos plásticos diferenciados para coleta seletiva

A partir de julho, a Prefeitura de Corumbá vai fornecer sacolas plásticas diferenciadas para que os moradores do Centro e dos bairros Dom Bosco, Arthur Marinho e Universitário possam diferenciar os resíduos que devem ser recolhidos pelo caminhão da coleta seletiva. Com a medida, a Fundação de Meio Ambiente busca aumentar a eficiência do serviço e diminuir o tempo da coleta.

“Houve uma adesão muito grande da população a essa proposta da Prefeitura”, afirmou Luciene Deová, diretora-presidente da Fundação. Atualmente, o caminhão chega a fazer até três viagens entre a área atendida e o lixão, onde duas associações de catadores separam e depois revendem o material. Nessas duas primeiras semanas da coleta, o recolhimento, que começa as 18h30, só termina entre 3h e 4 horas da madrugada.

“Por isso muita gente não vê o caminhão passando. Ele primeiro atende todo o Centro, da Albuquerque até a Edu Rocha e da Porto Carreiro a avenida General Rondon, onde a demanda é maior, e depois vai para os bairros”, explicou Deová. Nessa fase inicial do programa, a diferenciação do lixo doméstico para reciclável está sendo feita pela diferenciação do peso das sacolas.

“Os materiais recicláveis são mais leves que o lixo orgânico, portanto acaba ficando para o caminhão da Coleta Seletiva”, complementou a responsável pela Fundação de Meio Ambiente, que ontem se reuniu com os funcionários da empresa concessionária responsáveis pelo serviço. “Viemos novamente destacar a importância deles nesse processo e fazer uma sensibilização com os garis”, finalizou.

A coleta

A coleta seletiva tem início às 18h30 e acontecerá sempre às terças e quintas-feiras. Esta atividade, além de contribuir para preservação do ambiente, está gerando renda para 30 famílias que integram as duas associações de catadores, Vale da Esperança e Preservadores do Meio Ambiente, responsáveis pela triagem e separação do lixo seco.

Para facilitar o trabalho da coleta, a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal de Corumbá, solicita à população que está sendo atendida neste primeiro momento, para separar o lixo seco do úmido, que já é recolhido pela equipe que faz a coleta em toda a cidade.

“As sacolas plásticas biodegradáveis, em cores específicas, para facilitar a reciclagem do lixo, próprias para este tipo de serviço, está sendo providenciada e devem chegar nos próximos dias. Enquanto isto, solicitamos aos moradores que separem o lixo seco do úmido para facilitar a coleta, colocando garrafas pets, vidros, papelão e materiais metálicos em sacos separados, para facilitar a coleta”, argumentou Luciene.

A coleta seletiva é realizada por um veículo diferenciado, tipo gaiola, com divisórias para plástico, vidro, papelão e metais.  “Com a chegada das sacolas, vamos providenciar a entrega aos moradores destas áreas que estão sendo atendidas pela coleta seletiva, nesta primeira etapa, para separação do lixo. É uma forma de facilitar o trabalho”, reforçou.