Prefeitura entrega coletes a mototaxistas aprovados em concorrência pública

Quarenta e sete mototaxistas aprovados na última concorrência pública realizada pela Prefeitura de Corumbá receberam nesta quarta-feira (19) os uniformes e coletes de identificação obrigatórios para o transporte de passageiros. Os materiais foram entregues pelo prefeito Paulo Duarte e a diretora-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Silvana Ricco.

“Agora estamos totalmente regulares, dentro do que determina a Lei”, comemorou Carlos Rojas Neiva, 57 anos. Mototaxista há cinco anos, ele afirmou que a identificação auxilia a população a optar pelos profissionais regulamentados e facilita a fiscalização contra os clandestinos. “Assim dá para trabalhar bem mais seguro”, continuou.

Outro que comemorou a conquista foi José Constantino da Silva, de 55 anos. “Até ontem eu estava 95% certo, mas hoje posso falar que estou 100% dentro da Lei. Agora é continuar trabalhando certinho e tocar o barco para frente”. Constantino se dedica ao transporte de passageiro em motocicleta desde 1997. O trabalho, única fonte de renda da família, acabou influenciando o filho Gilson, de 34 anos.

“Já faz tempo que estou ai junto com meu pai. São praticamente 15 anos em cima da moto. Para mim não existe nada melhor do que trabalhar direto com a população. Gosto do que eu faço. E agora 100% regularizado, com o curso, a moto branca e o colete, posso oferecer um serviço ainda melhor”, avaliou.

“Esse ato não serviu só para entregar esses itens, mas também para reafirmar o compromisso da Prefeitura com a categoria”, comentou Paulo Duarte. Segundo o prefeito, a categoria é uma importante parceira da Prefeitura e da população corumbaense, por isso o diálogo entre os profissionais e o Poder Público será uma constante.

“A Agetrat sempre estará acessível para qualquer discussão, sugestão ou reclamação de vocês. Ela não é só um órgão de fiscalização, mas também de conscientização. Tanto que já nesta semana vamos começar uma grande campanha junto à população”, afirmou o prefeito. Dez mil panfletos, com várias informações úteis aos usuários, serão distribuídos em vários pontos da cidade.

“Num segundo momento vamos promover, junto com a Polícia Militar e o Ministério Público Estadual (MPE), um trabalho de repressão aos taxistas e mototaxistas clandestinos”, completou. De acordo com a diretora-presidente da Agência de Trânsito e Transporte, o município agora conta com aproximadamente 150 motociclistas habilitados para a condução de passageiros.

“Os demais profissionais devem comparecer a Agetrat nesta sexta-feira para retirar o uniforme. Além disso, o processo para compra dos demais coletes já está em licitação”, explicou Silvana. Os coletes disponibilizados pela Prefeitura possuem o número de identificação do profissional e o número de telefone para reclamação.