Prefeitura atende também a parte alta da cidade com coleta setorizada

A Prefeitura de Corumbá está atendendo a população residente nos bairros localizados na parte alta da cidade com o programa coleta setorizada. Os serviços foram iniciados em abril, pelo Centro América, e hoje está sendo desenvolvido no Guarani. A ação é exclusiva para retirada de material de origem vegetal, como resto de poda doméstica, plantas, gramas, entre outros, para manter a limpeza dos passeios públicos da área urbana.

 

A coleta setorizada já era desenvolvida na região central e nos bairros Dom Bosco, Generoso, Cervejaria, Borrowiski, Beira Rio, Cervejaria, Universitário e Maria Leite. A decisão de levar para a parte alta foi tomada pelo prefeito Paulo Duarte, como forma de atender também a comunidade do Centro América, Popular Velha, Nossa Senhora de Fátima, Aeroporto, Popular Nova, Cristo Redentor, Jardim dos Estados, Guarani, Nova Corumbá, Guatós, Previsul e Industrial.

 

Esta semana, além do Guarani, a Prefeitura está também atendendo a região central, parte alta, entre a Rua América e a rede ferroviária, da Edu Rocha à Albuquerque. O programa é desenvolvido pelo setor de serviços públicos da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos em parceria com a Fundação de Meio Ambiente, com participação da empresa responsável pela coleta de lixo e serviços de limpeza da área urbana da cidade, a Unipav.

 

Para facilitar a realização dos serviços, quem precisar fazer poda de árvores ou mesmo limpeza em seus terrenos, jardins e outros setores, deve colocar todo o material (desde que de origem vegetal) nas calçadas, para que seja recolhido pela equipe responsável. Outro tipo de lixo é coletado pela equipe específica que faz este serviço na cidade. Já entulho, a população deve fazer uso das conhecidas caçambas.

 

Conforme o cronograma estabelecido pela Prefeitura, na primeira semana de cada mês, a coleta é realizada na parte alta do centro, entre a América e a Rede Ferroviária, da Edu Rocha e Albuquerque; na segunda semana o atendimento é nos bairros Maria Leite e Universitário, inclusive Vila Mamona; na terceira na parte baixa do centro, da América até o Rio Paraguai, mais os bairros Borrowiski, Beira Rio e Cervejaria, e na quarta, Dom Bosco, Generoso e Arthur Marinho.

 

Já na parte alta, o cronograma prevê um bairro por semana, ou mais dias, dependendo da área, caso específico do Aeroporto que, na primeira ação, teve duração de 9 dias. Além do Guarani, que está sendo atendido esta semana, a Prefeitura vai executar o programa na região da Nova Corumbá no período de 10 a 14 de junho; no Guatós, de 24 a 28 de junho, e no Previsul/Industrial, de 1º a 5 de julho, encerrando a primeira passagem, para depois retornar ao Centro América, Popular Velha, Nossa Senhora de Fátima, Aeroporto, Popular Nova, Cristo Redentor e Jardim dos Estados.

 

O programa foi idealizado para evitar acúmulo de entulho pelas ruas e calçadas, prejudicando o trânsito de veículos e pedestres. Contribui também para redução de entupimento de galerias de águas pluviais e ajuda evitar surgimento de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

 

Em caso de poda de árvore no interior do imóvel ou mesmo nas calçadas, é necessário que o morador entre em contato com a Fundação de Meio Ambiente para solicitar autorização, bem como orientação de como realizar o serviço. O contato pode ser feito pelo telefone 3907-5342.