Prefeito quer entregar unidade de saúde do Dom Bosco em setembro

A nova unidade de saúde do bairro Dom Bosco deverá ser entregue em setembro. É o que pretende o prefeito Paulo Duarte que, no final da manhã desta quarta-feira, 12, visitou a obra acompanhado da secretária de Saúde, Dinaci Ranzi, e do secretário de Infraesteutura, Habitação e Serviços Públicos, Luiz Mário Romão. “O prazo para entrega é em novembro, mas já solicitamos ao responsável pela construção para que a unidade esteja concluída em setembro, no aniversário da cidade”, informou.

 

O prédio está sendo implantado em uma área dentro da Cidade Dom Bosco, espaço cedido pela Missão Salesiana, por meio do padre Ernesto Sassida. Ao chegar ao local, Paulo Duarte foi recebido pelo padre Amércio Rezende, diretor da instituição, que acompanhou a visita e se emocionou ao ouvir do prefeito, a sua intenção de encaminhar um projeto à Câmara, denominando o novo centro de saúde como: Unidade de Saúde Padre Ernesto Sassida, em homenagem ao religioso criador da Cidade Dom Bosco, entre outros projetos sociais, falecido recentemente.

 

Paulo visitou todas as instalações, inclusive a parte da cobertura, já com laje em implantação, e destacou a importância desta obra para a população do Bairro Dom Bosco e localidades vizinhas. “Já conversamos com o responsável pela obra e pretendemos entregar em setembro, com equipamentos e mobiliários novos, para bem atender a população. Esta unidade servirá de modelo para todas as que pretendemos construir na cidade”, reforçou. A obra está na fase de cobertura. O prazo para sua conclusão vence em 24 de novembro.

 

Concluído, o prédio contará com 330 metros quadrado de área, com todas as instalações necessárias para um bom atendimento à população, como dois consultórios médicos e um odontológico, salas de vacina, de exames preventivos, inalação, curativo, triagem, farmácia, ambulatório, brinquedoteca, espera, sanitários, além de outras dependências, inclusive administrativa.

 

As obras estão sendo executadas com recursos próprios da Prefeitura. “Infelizmente, devido a problemas burocráticos ocorridos no final do ano, perdemos os recursos da emenda parlamentar destinada para construção desta unidade. Estamos tentando reaver a verba, mas, não poderíamos ficar aguardando e, por isso mesmo, estamos destinando parte da arrecadação do IPTU na sua construção para que a população possa ter um melhor atendimento”, explicou.

 

A emenda parlamentar era de R$ 300 mil e foi viabilizada pelo próprio prefeito, no final de 2011, quando era deputado estadual. Com o problema burocrático, o recurso foi devolvido ao Governo do Estado. “Pra não atrasar a obra, estamos aplicando recurso próprio. A população não pode ser penalizada por problemas burocráticos”, reforçou, lembrando que a obra física está orçada em R$ 499.237,68.

 

Para a secretária Dinaci Ranzi, com a conclusão do prédio, a comunidade do Dom Bosco e região terá à disposição uma unidade de saúde da família moderna, dotada de estrutura física básica necessária para atendimento aos moradores da região, e em condições de resolver a maioria dos problemas de saúde, com qualidade e rapidez.

 

Hoje, a unidade funciona em um prédio alugado localizado na Alameda das Laranjeiras, 170, Bairro Dom Bosco, que passou por adequações para comportar um centro de saúde, mas, que mesmo assim, não é o ideal para atendimento às 4,5 mil pessoas da área de abrangência.

 

Outro ponto positivo apontado pela secretária, é que a nova unidade está sendo construída em uma região bastante movimentada e de fácil acesso por parte da população, na esquina da Rua Dom Aquino com a José Fragelli.