Processo seletivo contrata brigadistas para Brigada do Prevfogo/Ibama

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) abriu processo seletivo para a Brigada para Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Prevfogo/Ibama em Corumbá. De acordo com o edital, publicado no DIOCORUMBÁ desta segunda-feira (13), são 24 vagas para Brigadista de Combate a Incêndios Florestais, com remuneração mensal de R$ 678,00; 4 para chefe de esquadrão, com vencimento de R$ 1.017,00; e 1 para chefe de brigada, onde o salário é de R$ 1.356,00.

Todas as funções oferecem auxílio alimentação, auxílio pré-escolar, auxílio transporte (quando couber) e seguro acidente. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o contrato de até 6 meses. Os candidatos devem ter entre 18 e 54 anos; ter situação regular perante a legislação eleitoral; possuir aptidão física e mental para o exercício das atribuições; não estar em exercício remunerado de qualquer cargo, função ou emprego público ou privado em quaisquer tipos de entidades; e não possuir Sentença Criminal Condenatória transitada em julgado que impeça o exercício das atividades inerentes ao cargo.

Os interessados devem procurar a Fundação do Meio Ambiente do Pantanal, localizada a rua 13 de junho, 1.457, Centro, até o dia 24 de maio, munidos de Carteira de Identidade; CPF; Título de Eleitor; Certificado de Alistamento Militar; Certidão de Nascimento ou Casamento; número de inscrição no PIS/PASEP (somente para aqueles que já possuírem); comprovante da última votação (dos dois turnos) ou Declaração de Quitação Eleitoral; comprovante de Residência com o nome do candidato (conta de água, luz, telefone, etc.);

Atestado médico indicando estar apto a realizar atividades físicas, com data não superior a quinze dias da data de inscrição; certidão negativa de antecedentes criminais, fornecida pelos Cartórios Judiciais Federal, Estadual ou Distrital do domicilio do candidato; tipo sanguíneo e Fator RH; e Carteira Nacional de Habilitação, Categoria mínima B (somente para os cargos de Chefia).

A inscrição é gratuita. O resultado final será divulgado até o dia 12 de junho de 2013. O processo de seleção é composto por três fases: análise de currículo (somente para os cargos de chefia); pré-seleção (exames médicos, teste de Aptidão Física e de Habilidade no Uso de Ferramentas Agrícolas); e o curso de formação com 40 horas/aula.

Atribuições

Os brigadistas devem realizar ações de sensibilização e orientação sobre efeitos dos incêndios florestais e sobre alternativas ao uso do fogo na produção agrícola nas Terras Indígenas, nos Projetos de Assentamentos e no entorno das Unidades de Conservação Federais, conforme sua lotação; conduzir a viatura destinada aos trabalhos da brigada; realizar rondas preventivas; realizar atividades de combate aos incêndios florestais e apoiar queimas controladas autorizadas;

Também devem executar abertura e manutenção de aceiros; efetuar a manutenção de equipamentos e instalações utilizados na prevenção e no combate; realizar atividades para manutenção de condicionamento físico; coleta de sementes, produção de mudas e recuperação de áreas degradadas e outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais e/ou socioambientais, sempre se reportando ao chefe de esquadrão.

Os chefes de esquadrão, por sua vez, vão coordenar as atividades do esquadrão em campo de acordo com as determinações do chefe da brigada; coordenar em campo as ações de sensibilização e orientação; e desempenhar todas as demais funções dos brigadistas.

Já o chefe de brigada deverá executar atividades administrativas referentes à documentação da brigada; reportar-se ao Coordenador Estadual do Prevfogo e/ou ao Gerente do Fogo Estadual quanto à supervisão da brigada; conduzir a viatura destinada aos trabalhos da brigada; viabilizar e prestar apoio às ações de prevenção em campo e no escritório; viabilizar e prestar apoio logístico ao combate em campo e no escritório; controlar a freqüência dos brigadistas; supervisionar as ações da brigada; representar a brigada junto às Instituições locais;

Coletar informações de campo, conforme orientação da Coordenação Estadual do Prevfogo; compilar informações básicas que servirão para a elaboração de planos operativos de prevenção e combate, quando for o caso; elaborar os relatórios mensais de atividades da brigada; acionar a brigada para o pronto atendimento aos combates a incêndios florestais; elaborar as Notas Informativas diariamente e repassar para a Coordenação Estadual; entre outras funções.