Prefeitura interdita Feira Brasbol para regularização das instalações

Nesta quinta-feira, 16 de maio, os 204 comerciantes que atuam na Feira Brasbol receberão, da Prefeitura Municipal, um comunicado de interdição temporária do local para realizar a readequação das instalações visando a defesa do princípio da legalidade e proporcionando segurança, conforto e qualidade de atendimento para os trabalhadores e pessoas que frequentam a feira em busca dos produtos que ali são vendidos. O prazo para que a feira seja desocupada é de 48 horas.

 

A interdição atende às disposições do Código de Posturas do Município e foi amplamente recomendada pelo Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Ministério Público, por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá.

 

Em reunião, realizada na tarde dessa quarta-feira, na Procuradoria Geral do Município, os representantes da Associação dos Pequenos Comerciantes Brasileiros e Bolivianos concordaram com os termos da interdição e entenderam como necessária a atitude, de forma a atender as condições mínimas necessárias no que se refere às normas de segurança, higiene, ambientais, de trabalho e até mesmo fiscais.

 

A Prefeitura reforça que o caráter dessa interdição é meramente preventivo, com a intenção de evitar a ocorrência de algum acidente, tendo em vista as condições precárias em que se realiza o comércio naquele local, contendo, inclusive grande quantidade de materiais altamente inflamáveis.