Encontro de Turismo reúne representantes de seis cidades e da Bolívia

Integração. Essa é a palavra chave do I Encontro de Turismo de Fronteira, promovido pela Prefeitura de Corumbá no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez. O evento, que começou nesta sexta-feira (03), reúne representantes de Ladário, Miranda, Anastácio, Aquidauana, Bonito e da Bolívia. O objetivo é fortalecer toda a região pantaneira como pólo de visitação nacional e internacional e montar roteiros integrados entre as localidades.

“O turismo pode ser um dos principais indutores para melhorar a qualidade de vida da população. Mas isso só vai acontecer se for de forma integrada. Não tem que ser bom só para nossa cidade, mas toda a região”, afirmou o prefeito Paulo Duarte, destacando os empregos e a geração de renda viabilizados pelo setor. O chefe do Executivo municipal também cobrou mais profissionalização de todos os agentes envolvidos na cadeia turística.

“Precisamos urgentemente profissionalizar o turismo”, citando como exemplo o município de Bonito, uma das maiores referências mundiais do ecoturismo. “O Pantanal tem muito mais coisas que somente a pesca. E é isso que precisamos trabalhar”, completou Paulo Duarte. Para a diretora-presidente da Fundação Estadual de Turismo do Mato Grosso do Sul, Nilde Brun, o encontro promovido em Corumbá permite ampliar as fronteiras do Pantanal Sul.

“É esse trabalho de integração, de parceria, que faz com que a gente cresça”, disse, avaliando de forma positiva a atenção destinada ao setor turístico pela Administração corumbaense. “Vale as palmas seu envolvimento com o Turismo, prefeito. O Paulo (Duarte) tem demonstrado claramente isso por Corumbá e é essa junção do setor público e privado que vai fazer a diferença”, frisou.

Além de discutir estratégias conjuntas, os agentes ainda vão conhecer os equipamentos, como o próprio Centro de Convenções, e os atrativos da cidade. “Queremos estreitar nossa relação e nossos negócios”, definiu Hélènemarie Dias Fernandes, diretora-presidente da Fundação de Turismo de Corumbá. O I Encontro de Turismo de Fronteira é promovido em parceria com o Sebrae/MS Sem Fronteira.

A Confederação Nacional do Comércio (CNC); Federação do Comércio do Mato Grosso do Sul (FECOMÉRCIO); Associação Comercial e Industrial de Corumbá (ACIC); Universidade Federal do Estado de Mato Grosso do Sul UFMS/Campus Pantanal e as alcadias (prefeituras) de Puerto Quijarro e Puerto Suarez, e do Governo de Santa Cruz de La Sierra participam da agenda.

Representantes da Cámara de Industrias, Comerdo y Servido (CAINCO) de Puerto Suárez e de Santa Cruz de La Sierra; da Fundacion Trabajo e Empresa da Bolívia (FTE); da Organizacion y Gestion del Destino Turistico de Santa Cruz de La Sierra (OGD); do Departamento de Migración de Frontera da Bolívia; de gestores de Turismo da Gran Chiquitania e dos trades turísticos de Santa Cruz de La Sierra também integram o grupo.