Corumbá recebe exposição “O Pantanal é Aqui” de 19 a 24 de maio

O Instituto SOS Pantanal traz para a cidade de Corumbá a exposição “O Pantanal é Aqui”. Com o objetivo de trabalhar de forma lúdica e divertida o tema sustentabilidade, a atividade educativa será lançada no próximo dia 19, no período de 18 às 21 horas, na Casa Vasquez. Toda programação, que segue até o dia 24 deste mês, será oferecida ao público de segunda à sexta das 8 às 11 horas e das 13h30 às 17h30, com entrada gratuita.

 

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Corumbá, Instituto Homem Pantaneiro (IHP), Fundação SOS Mata Atlântica, Fundação Toyota do Brasil, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Campus Pantanal) e demais parceiros, a exposição vai trabalhar a sustentabilidade utilizando arte, cultura e tecnologia, mostrando iniciativas concretas e exemplares.

 

Sucesso de público, a exposição, que já passou por cidades como Campo Grande (MS) e Cuiabá, no Mato Grosso, utiliza a arte, cultura e tecnologia, mostrando iniciativas concretas exemplares, a partir de boas ações encontradas em propriedades, instituições de pesquisa, organizações não-governamentais e associações que foram visitados pela Expedição Pantanal em 2011.

 

De acordo com a programação, todo trabalho exposto tem caráter educativo, com visitas monitoradas, exibição de fotos e vídeos da Expedição Pantanal 2011 feito pelo fotógrafo Fábio Pellegrine.E também imagens cedidas pelo profissional José Sabino, do Natureza em Foco, que realizou a exposição Biomas do Brasil, durante a Rio +20.

 

Entre os trabalhos apresentados está também o de Adriano Gambarini, apaixonado pelo Pantanal e especialista em documentar áreas remotas. Autor fotográfico de livros de arte, Gambarini escreve para o blog da National Geographic, desde o início da revista no Brasil.

 

De acordo com a diretora-executiva do Instituto SOS Pantanal, Lucila Egyto, a exposição aposta na ampliação do conhecimento da população sobre o Pantanal, suas características e dinâmicas sociais, econômicas e ambientais. “O evento demonstra as boas práticas realizadas na região e as atitudes da sociedade pantaneira em prol da sustentabilidade”, explicou Lucila.

 

Ainda, segundo ela, será uma oportunidade de mostrar as boas práticas realizadas na região e evidenciar, de forma clara e objetiva, “os aspectos e dimensões observados ao longo da Expedição Pantanal”.