Corumbá participa de pesquisa sobre tráfico de pessoas nas fronteiras

A Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, recebeu na tarde de quarta-feira, 15, integrantes da comissão permanente de investigação e fiscalização das condições de trabalho no Estado de Mato Grosso do Sul, ligada ao Ministério Público do Trabalho.

 

A comissão se reuniu com representantes de órgãos e entidades que trabalham na área de atendimento à criança, adolescentes e mulheres de Corumbá e Ladário, e abordou a pesquisa realizada pelo Ministério da Justiça, via Secretaria Nacional de Justiça, em cooperação técnica com o Centro Internacional do Desenvolvimento de Políticas Migratórias e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime.

 

A pesquisa objetiva auxiliar a implementação de políticas migratórias de enfrentamento ao tráfico de pessoas e conta com a colaboração de diversos pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

 

O resultado da pesquisa será pauta de reunião do Conselho Nacional de Justiça e justificará a implantação de um posto avançado na região que integre o trabalho do Ministério Público do Trabalho, Ministério da Justiça, Ministério do Trabalho, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e outros órgãos.

 

Participaram da reunião representantes da Gerência de Políticas para a Mulher, do Centro de Atendimento à Mulher em situação de Violência, do Conselho Tutelar, da Delegacia da Mulher, da Superintendência de Políticas para a Mulher do município de Ladário e do Fórum Permanente de Entidades Não Governamentais de Corumbá e Ladário.

 

Uma comissão criada encaminhará a pesquisa para outros órgãos e entidades que atuam na área para conclusão do diagnóstico.