Corumbá intensifica vacinação contra gripe. Campanha vai até sexta

A Prefeitura de Corumbá está disponibilizando nove unidades de saúde nesta reta final da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que será encerrada na próxima sexta-feira, 10 de maio, exceto para o grupo de indígenas. Apesar dos problemas ocorridos com a falta da vacina na cidade, em virtude da perda de 18 mil doses causada por ato de vandalismo, a Secretaria de Saúde está confiante de que irá cobrir 100% dos grupos alvos.

 

“Recebemos mais vacina e estamos com dose suficiente para atender todos os grupos. A meta mínima estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 80%. No entanto, estamos trabalhando para chegar a 100%”, explicou o chefe do setor de imunização da secretaria, enfermeiro Wangley Campos Bento. Até a última atualização, ocorrida ontem, segunda-feira, Corumbá estava com 13.341 pessoas vacinadas, 67,66% da meta estabelecida que é de 16.786.

 

Hoje, o menor índice está no grupo das gestantes, com somente 39,27% de cobertura. De um total de 1.497, somente 710 foram vacinadas. Já trabalhador de saúde está com 1.504 imunizados, 60,40% da meta que é de 2.155.

 

Com relação a crianças de seis meses a menos de dois anos, Corumbá já vacinou 2.713, 75,01% de 2.994; puérperas com 278, 93,60% de 246, e idosos com 8.136, 71,73% da meta estabelecida que é de 9.729. Outro grupo, indígenas, a imunização acontece dia 13 de maio, na Aldeia Guató, com apoio de uma equipe da Secretaria Especial de Saúde Indígena. A meta é cobrir 165 pessoas.

 

Onde vacinar

 

Para quem ainda não foi imunizado, a Prefeitura disponibilizou nove unidades de saúde distribuídas em pontos estratégicos da cidade: Centro de Saúde da Ladeira, no período das 07 as 11 e das 13 às 17 horas; Gastão de Oliveira, das 07 as 11 e das 13 às 17 horas; Vitória Régia, das 07 as 11 e das 13 às 17 horas; Fernando Moutinho, das 07 as 11 e das 13 às 17 horas; Breno de Medeiros, das 07 às 11 horas; Nova Corumbá, das 13 às 17 horas; Enio Cunha, das 07 as 11 e das 13 às 17 horas; São Bartolomeu, das 07 as 11 e das 13 às 17 horas, e no Dom Bosco, no período das 07 às 11 horas.