Prefeitura inicia estudos para ordenar funcionamento da feira Brasbol

Um grupo de trabalho foi criado pelo prefeito Paulo Duarte para discutir e organizar o funcionamento da feira dos comerciantes brasileiros e bolivianos, localizada na Rua Edu Rocha, conhecida como Brasbol. A decisão foi por meio do decreto 1.171, de 23 de abril de 2013, já publicado no Diário Oficial do Município.

 

A intenção do prefeito é ordenar o funcionamento da feira, garantindo maior conforto e segurança não só para quem trabalha no local, mas também para os consumidores que frequentam a Brasbol, seja para compras ou passeios.

 

Além disso, o grupo vai também trabalhar na organização do comércio local, como também fazer uma avaliação do sistema atual. Segundo Paulo, a partir disso, serão propostas parcerias para que o funcionamento da feira seja mais organizado.

 

O prefeito enfatizou que o grupo de trabalho vai tratar também da possibilidade de um novo espaço para a sua instalação do empreendimento. “O nosso objetivo, com a criação do grupo, não é coibir a atividades dos comerciantes bolivianos, mas sim fazer com que haja uma harmonia entre o comércio local, que também precisa de desenvolvimento, e dos nossos vizinhos irmãos”, salientou.

 

A feira

 

Hoje, a feira Brasbol conta com 204 barracas que comercializam os mais variados tipos de produtos. O prefeito comentou que a decisão foi tomada pelo fato de que o funcionamento não é o ideal e que é preciso disciplinar os aspectos legais.

 

O grupo é formado por representantes da Prefeitura: Procurador Geral do Município; Secretário Municipal de Governo, na qualidade de Coordenador; Secretário Municipal de Indústria e Comércio; Secretária Municipal de Fazenda e Planejamento; Diretora-Presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e do Patrimônio Histórico; Diretora-Presidente da Agência de Transporte e Trânsito (AGETRAT), e pelo Coordenador Municipal de Segurança Pública.

 

Contará também com representantes da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá (ACIC); do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso do Sul (CAU); do Corpo de Bombeiros de Corumbá; do Ministério Público; das receitas Estadual e Federal, e do representante da Associação dos Pequenos Comerciantes Brasileiros e Bolivianos (Brasbol).

 

Cabe ao grupo avaliar a situação atual da feira Brasbol; promover reuniões com os representantes das instituições e órgãos envolvidos; propor atribuições às instituições e órgãos envolvidos; propor parcerias para organizar o funcionamento da feira, além de discutir a criação de novo espaço para instalação da Brasbol. O prazo para conclusão dos trabalhos do grupo é de 90 dias.