Prefeito visita albergue e casa de acolhimento e anuncia melhorias

O prefeito Paulo Duarte visitou na tarde desta quinta-feira, 11, as instalações da Casa de Passagem José Lins e da Casa de Acolhimento Institucional Laura Pinheiro Martins, quando anunciou melhorias nos dois locais, que resultarão em melhorias nos sistemas de atendimento. O chefe do executivo corumbaense estava acompanhado da secretária de Assistência Social e Cidadania, Andréa Cabral Ulle, e do subsecretário da pasta, Nilo Correa.

 

Paulo informou que as duas visitas fazem parte de uma política adotada no início da sua administração que é visitar todas as instalações públicas do Município, acompanhar o andamento dos trabalhos, além de buscar soluções caso algo não esteja funcionando de maneira adequada.

 

A primeira visita foi ao albergue localizado na Rua Edu Rocha, que tem acolhido moradores de rua, pessoas de passagem pela cidade e até mesmo famílias desabrigadas, como é o caso de Raimunda Alves da Silva, de 70 anos, que está no local, ao lado de seu marido. Os dois estavam morando em uma das casas do conjunto residencial do Promoradia, no Aeroporto e foram encaminhado para a Casa de Acolhimento pela Secretaria de Assistência Social.

 

“Os dois são os únicos daquele grupo que realmente não tinham para onde ir. Acolhemos eles aqui, onde estão sendo bem tratados, até que tenhamos uma solução para o caso”, explicou a secretária Andréa Ulle, que já recebeu orientação do prefeito para resolver a questão e o primeiro passo será fazer o cadastro da família junto à Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, dentro dos programas habitacionais que o município está desenvolvendo.

 

O prefeito, além de conversar com Raimunda Silva, conheceu as instalações, manteve contato com a equipe que trabalha no local e orientou Andréa Ulle e o subsecretário Nilo Correa, para solucionar um problema no telhado, que apresenta gotejamento durante período de chuvas.

 

Observou também outro problema relacionado ao acumulo de água de chuva e proveniente de minadouro, na parte dos fundos do terreno, junto à horta que será reativada. Solicitou providências. Além disso, informou que iria solicitar aos setores de Postura e da Vigilância Sanitária para identificar e notificar o proprietário do terreno existente ao lado, que está colocando em risco a saúde pública.

 

“Encontra-se em situação de abandono, sujo. É um problema para a saúde da população”, argumentou. Na mesma situação esta o terreno no Bairro Nossa Senhora de Fátima, ao lado da Casa de Acolhimento Institucional Laura Pinheiro Martins, segundo local visitado por Paulo esta tarde. Disse que o mesmo procedimento será adotado pela Prefeitura.

 

No local, o chefe do executivo manteve um longo contato com os servidores e com a equipe da Assistência Social. Um dos assuntos tratados foi justamente sobre a melhoria das instalações, especialmente da área que era coberta por lona de plástico, que servia como refeitório, cozinha e lavanderia.

 

A princípio, a ideia era retirar parte da lona que ainda resta e substituir por telha. No entanto, o prefeito solicitou um estudo mais aprofundado para dar uso adequado à área. Hoje, a instituição atende 12 crianças. Desses, cinco são da Casa de Acolhimento Adiles de Figueiredo Ribeiro, do Bairro Guarani, que está em obras.