Prefeito anuncia ampliação e melhorias em duas escolas ribeirinhas

O prefeito Paulo Duarte anunciou nesta terça-feira, 16, a ampliação da escola do Paraguai-Mirim, para implantação de um laboratório de informática, abrigando também uma sala de leitura e biblioteca. Foi durante uma visita que o chefe do executivo corumbaense fez às instalações da unidade na manhã de hoje. Ele visitou também a escola do Jatobazinho, e disse que irá ampliar a parceria estabelecida entre a Prefeitura de Corumbá e a Fundação Acaia Pantanal, para melhor atender a comunidade ribeirinha local.

 

Paulo estava acompanhado da secretária de Educação, Roseane Limoeiro. As duas escolas ribeirinhas estão localizadas ao norte de Corumbá, às margens do Rio Paraguai, e funcionam como extensões da Escola Municipal Rural Pólo Porto Esperança. Juntas atendem cerca de 120 crianças e adolescentes das comunidades ribeirinhas locais.

 

No Paraguai-Mirim, o prefeito percorreu todas as dependências da escola, salas de aula, cozinha, secretaria, e conheceu de perto as demandas e desafios dos alunos e professores. Ele ainda participou da solenidade de posse da nova direção do grêmio estudantil, eleita recentemente.

 

O prefeito também assistiu a uma bela apresentação de coral, dança, capoeira e poesia promovida pelos alunos da 1ª à 9ª séries. E anunciou a construção de uma nova sala de 30 m2, que abrigará laboratório de informática, sala de leitura e biblioteca. “Tenho uma ligação afetiva com essa escola, pois ajudei a inaugurá-la quando ainda era Chefe da Casa Civil do Governo Zeca, em 2005. É muito bom poder retornar aqui, agora como prefeito, e anunciar melhorias”, disse emocionado.

 

A secretaria Roseane destacou a qualidade da escola e elogiou a motivação dos funcionários. “ É uma grande satisfação chegar aqui e encontrar um trabalho solidificado, com professores e alunos felizes e dispostos. Nosso objetivo é estar presente sempre com vocês”, disse.

 

Jatobazinho

 

Saindo de Paraguai-Mirim, o prefeito e a secretária visitaram a escola do Jatobazinho, onde a prefeitura atua em convênio com a Fundação Acaia Pantanal. Com pouco mais de 40 alunos, a extensão atende as regiões do Castelo, Maracangalha e Califórnia e também ganhou elogios pela excelente infraestrutura.

 

Localizada em uma área de mais de 200 metros quadrados, a escola possui excelentes acomodações para os alunos, amplas salas de aula, sistema de energia solar e de tratamento de água, campo de futebol, horta educativa e até piscina.

 

A escola funciona em período integral (assim como a de Paraguai-Mirim), porém possui também regime de internato, uma vez que a maioria dos alunos mora em locais muito remotos e, por isso mesmo, precisam pernoitar no próprio estabelecimento de ensino.  O prefeito se mostrou satisfeito ao visitar as obras do novo alojamento masculino, que abrigará os alunos ainda com mais qualidade e conforto.

 

No local, ele firmou o compromisso de ampliar a parceria com a Fundação Acaia. “É preciso ir além da educação e fazer um trabalho preventivo de saúde nessas escolas ribeirinhas, com dentista, oftalmologista e outros profissionais, até para complementar a ação do Povo das Águas. Vamos investir nisso”, afirmou.

 

Agenda positiva

 

No retorno a Corumbá, o prefeito avaliou como positiva ida às duas extensões escolares ribeirinhas. Agora já são três escolas rurais visitadas por ele após assumir a cadeira de chefe do executivo municipal. Antes ele já havia estado na “Escola Rural Pólo Luis de Albuquerque de Melo Pereira Cáceres e Extensões”.

 

O prefeito segue um intenso cronograma de visitas para conhecer de perto todas as escolas de Rede Municipal de Ensino (REME), suas demandas, necessidades e desafios.  Somente neste trimestre, o prefeito já esteve em 10 escolas urbanas, três rurais e quatro creches.