Praças da Independência e Generoso serão administradas pela FUPHAN

A Fundação do Instituto do Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico (FUPHAN) assumiu a gestão administrativa das praças da Independência e Generoso Ponce. A decisão foi tomada pelo prefeito Paulo Duarte por meio do decreto 1.164, assinado nesta terça-feira, 09 de abril.

 

A partir de agora, além de administrar, cabe à Fundação determinar as normas de uso das praças, promover o seu bom funcionamento, zelar pelo seu patrimônio e pela limpeza e asseio das praças.

 

A decisão se deve ao fato da Praça Generoso Ponce estar localizado na área do Casario do Porto de Corumbá, tombada como Patrimônio Histórico pelo Ministério da Cultura e pelo Município de Corumbá, e também em virtude da Praça da Independência estar situada na Zona Especial de Preservação Ambiental e Paisagística do Porto Geral De Corumbá.

 

Paulo explicou que a decisão foi tomada por ser ser de competência da FUPHAN, controlar e planejar de uso de áreas públicas, praças, parques e jardins, bem como a elaborar projetos que tenham por finalidade a intervenção em bens tombados para a conservação e restauração do acervo de interesse de preservação histórica e cultural.

 

Ao assinar o decreto, o prefeito levou em consideração que “há necessidade constante de manutenção para garantir o bom funcionamento das praças, observando a conveniência de resguardar as características naturais por se tratar de Patrimônio Histórico e Cultural, mantendo a identidade histórica local em harmonia com a utilização pública municipal garantindo-lhes o uso em perfeitas condições”.

 

A gestão administrativa das duas praças por parte da Fundação do Instituto do Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico será em articulação com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos; Agência Municipal de Trânsito e Transporte; Coordenadoria Municipal de Segurança Pública, e com as fundações de Turismo do Pantanal, de Cultura de Corumbá e de Meio Ambiente do Pantanal.

 

Ficou estabelecido que as despesas para manutenção das duas praças correrão por conta de recursos orçamentários próprios do Poder Executivo Municipal e da FUPHAN.

 

Praça da Independência

 

A Praça da Independência é o antigo zoológico da cidade. Igual a ela, existem apenas outras três tem o seu estilo arquitetônico, duas no Brasil e uma na Alemanha. É toda murada em mármore com portões de ferro. Possui um coreto em forma octogonal importado da Alemanha, de onde veio também o mosaico do calçamento da parte externa.

 

As quatro esculturas que representam as estações do ano foram esculpidas em Pisa, na Itália e doadas por um conde italiano que veio ao Pantanal. As plantas nativas da região, como o carandá, a bocaiúva e o ipê-roxo, integram a diversificada arborização.

 

O local reserva também um espaço para se reverenciar os heróis da Guerra do Paraguai e da 2ª Guerra Mundial. Abriga ainda memórias, parque infantil e o “Massa-Terra”, como é conhecido o equipamento que era utilizado na manutenção das ruas de terra da cidade.

 

Seus jardins são destacados pelas presenças de árvores centenárias, ornamentados com três lagos rasos, onde já abrigaram diversas espécies de aves, peixes nativos e até mesmo tartarugas e jabutis. O coreto encanta com suas linhas moldadas em ferro e ainda cumpre seu papel musical abrigando bandas do exército em solenidades e servindo de palco para inúmeros eventos artísticos, culturais e folclóricos da cidade.

 

A Praça foi inaugurada em 1917. Nos dias atuais é palco de eventos tradicionais como a Noite da Seresta e a quermesse da APAE. Três vezes por ano ela se transforma no Jardim da Folia, durante o carnaval; no Jardim Caipira, Arraial do Banho de São João; e no Jardim de Natal, nas festas de Natal e final de ano. Ali também acontece o ponto alto das comemorações da Independência do Brasil, como o hasteamento do Pavilhão Nacional.

 

Generoso Ponce

 

Já a Praça Generoso Ponce, localizada na principal avenida da cidade, a General Rondon, é palco também de grandes festas como o carnaval, Festival América do Sul, além de shows musicais e espetáculos culturais como dança e música orquestrada.

 

A praça fica em uma localização privilegiada, proporcionando uma bela visão do Rio Paraguai, do Porto Geral, do Casario do Porto, do Centro de Convenções e do Pantanal corumbaense.