Nos 52 anos da Cidade Dom Bosco, prefeito anuncia novos investimentos

Idealizado pelo padre Ernesto Sassida, a Cidade Dom Bosco completou nesta quarta-feira, 03 de abril, 52 anos de fundação. Uma grande celebração foi realizada para marcar a data. Alunos e ex-alunos da Escola Estadual Dom Bosco, dos projetos criados pelo padre salesiano, falecido no último dia 13 de março, autoridades políticas, civis, eclesiásticas e militares do município lotaram o ginásio do colégio para comemorar o aniversário do mais importante projeto social desenvolvido na região.

Durante a celebração, o prefeito Paulo Duarte anunciou mais investimentos no local, existente desde 1961. “Estou muito feliz e emocionado, até porque essa é a primeira solenidade depois da partida do padre Ernesto, que foi e sempre será um grande amigo que tive em minha vida”, afirmou. O chefe do Executivo corumbaense também destacou a importância da Cidade Dom Bosco para Corumbá e reiterou o apoio da Prefeitura às iniciativas do padre.

“A obra do padre Ernesto fará com que ele seja sempre eterno na mente e no coração da população de Corumbá”, continuou. Em seguida, o prefeito anunciou a retomada imediata da obra de construção da Unidade Básica de Saúde do Dom Bosco, construído em um terreno cedido pelo projeto social, e o calçamento da quadra de esportes que vai atender o Criança e Adolescente Feliz, outra iniciativa de Sassida. “Como deputado consegui trazer a cobertura. Agora vamos fazer o piso dessa quadra”.

Emocionado com a apresentação da jovem Yasmin Raphaella Balbueno Jaber, aluna da oitava série da Escola Dom Bosco e que participou da encenação da Paixão de Cristo, o prefeito ainda garantiu a realiação do Festival da Canção Estudantil. “Depois de ouvir a bela voz da Yasmin, talentos como ela devem ter sua oportunidade de mostrar o que podem fazer. A secretária de Educação (Roseane Limoeiro) já está instruída a dar seguimento nesse projeto”, completou Paulo Duarte.

A cerimônia de 52 anos do projeto social foi comandada pelo padre Amércio Rezende, diretor da Cidade Dom Bosco. “A gente sente muito a ausência do Padre Ernesto, mas senti também a presença das autoridades, amigos, do apoio que recebemos aqui hoje e temos a certeza que essa é uma obra de Deus e as coisas vão continuar porque o padre Ernesto está lá no céu nos acompanhando, protegendo e intercedendo por cada um de nós”, destacou.

Coordenadora do projeto Padrinho à Distância, a sobrinha do fundador da Cidade Dom Bosco também participou da celebração. Laura Saksida lembrou dos vários encontros que teve com o tio e do engajamento dele em prol dos mais necessitados. “Gostaria que fosse ele falando da importância de comemorar os 52 anos, mas prefiro pensar que ele estava cansado e preferiu passar a vez para que nós continuassemos sua obra”, disse. A festa terminou com a leitura da mensagem de um dos colaboradores da Cidade Bom Bosco, feita pela diretora da escola Maria Angélica Amorin.