Festival começa hoje com arte, homenagens e muito samba no pé

Com homenagem ao Rio Paraguai, suas histórias e personagens, a 10ª edição do Festival América do Sul será aberto esta noite em Corumbá, e reserva grandes shows musicais, dança teatro, artes plásticas, cinema e literatura. O evento considerado o maior festival de cultura latina do continente vai até o dia 5 na maior cidade pantaneira.

 

A abertura, marcada para as 19 horas de hoje, no Palco das Américas, além do artesanato, fotografia e artes plásticas prestará homenagens a cinco personagens do Rio Paraguai: João de Arruda Pinheiro, pioneiro no transporte de carga, gado e pessoas em lanchas pelo rio; Wilson de Oliveira, acordeonista do grupo Alma Chamamezeira; Josefina Alves Ribeiro, símbolo da resistência cultural da etnia guató; Ivone Torres, mentora da festa de São Pedro e Rubén Bareiro Saguier, ensaísta e poeta que trata o rio Paraguai como grande tema de suas obras.

 

Nesta quarta também acontece a abertura da feira do artesanato com mostra da Bolívia, Paraguai, Chile, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Uruguai, Argentina, Mato Grosso do Sul, Distrito federal e Goiás, no pavilhão dos Países, na praça Generoso Ponce; a abertura da exposição “Entripóvus” do artista plástico, Daltro, onde 11 telas em acrílico representam a dinâmica arquetípica dos povos latino-americanos de raízes ameríndia, africana e européia; a abertura das exposições “Oratórios – A espiritualidade na América Latina” e “América do Sul: Paisagens e Fragmentos”; além dos shows de Wilson de Oliveira e Geraldo Espíndola.

 

Para fechar o primeiro dia, às 22 horas, no palco das Américas, acontece o show de três grandes nomes do samba brasileiro: Neguinho da Beija-Flor, Noca da Portela e Adilson Bispo, que formam os Bambas do Samba. Durante a apresentação um repertório cheio de sucessos e sambas enredo. É a primeira noite do festival, com grande estilo e muito samba no pé.

 

O 10º Festival América do Sul acontece entre os dias 1º e 5 de maio. Conta com patrocínio da Petrobras, Governo Federal, Banco do Brasil, Sebrae, Vale e Andorinha. É realizado pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Corumbá e o Instituto Moinho Cultural Sul-Americano. (Assessoria do FAS)