Ex-comandante do 6º Distrito Naval recebe título de cidadão de MS

O contra-almirante Marcio Ferreira de Mello está prestes a completar 54 anos. Conquistou, até agora, dez condecorações: Ordem do Mérito Naval, Ordem do Mérito Militar, Ordem do Mérito Aeronáutico, Medalha da Vitória, Medalha Militar de Ouro, Medalha Mérito Tamandaré, Medalha do Mérito Marinheiro, Medalha do Pacificador, Medalha Mérito Santos Dumont e Medalha da Ordem do Mérito da República Italiana. Na noite da quinta-feira, 18, foi a vez de a Assembleia Legislativa homenageá-lo com o Título Honorífico de Cidadão Sul-Mato-Grossense.

 

Essas condecorações representam um reconhecimento do trabalho e esforço pelo serviço prestado na Marinha do Brasil, protegendo o patrimônio e garantindo a soberania brasileira no mar. O ex-deputado estadual e atual prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), proponente da homenagem, destacou a forma exemplar que Marcio Ferreira de Mello atuou na Fronteira Oeste Brasileira.

 

“A Marinha é fundamental para Mato Grosso do Sul. A Marinha é muito mais que a guardiã dos rios e mares, ela é uma parceira de Corumbá. O 6º Distrito Naval, quando comandado pelo contra-almirante Marcio Ferreira de Mello, desenvolveu um importante trabalho e essa homenagem é uma forma de reconhecimento”, disse Duarte.

O deputado Paulo Corrêa (PR), que abriu as portas da Casa de Leis para a realização da sessão solene, também citou a importância da Marinha Brasileira. “A Assembleia Legislativa tem uma boa relação com as Forças Armadas, em especial com o 6º Distrito Naval. Mato Grosso do Sul reconhece hoje o brilhante serviço prestado pelo contra-almirante Marcio Ferreira de Mello”, ressaltou.

 

Homenageado

 

O contra-almirante lembrou de sua trajetória em Mato Grosso do Sul e afirmou que a homenagem é a realização de um sonho. “Trabalho em busca de uma interação com o governo do Estado, prefeituras e órgãos federais, sempre em prol do desenvolvimento do país. Essa homenagem é a realização de um sonho”, comentou.

 

A Marinha do Brasil está presente na Fronteira Oeste desde 19 de fevereiro de 1827, data de criação do Arsenal de Marinha da Província de Mato Grosso, em Cuiabá. Em 1967 foi criado o Comando Naval de Ladário, com jurisdição sobre o Estado do Mato Grosso e subordinado ao 6º Distrito Naval.

 

Em 1976, o Comando do 6º Distrito Naval foi transferido para Ladário, onde permanece até hoje e conta conta com oito organizações militares diretamente subordinadas: Base Fluvial de Ladário, Comando da Flotilha de Mato Grosso, Hospital Naval de Ladário, Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, Capitania Fluvial do Pantanal, Depósito Naval de Ladário, Serviço de Sinalização Náutica do Oeste e 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral. (Portal ALMS).