Em Corumbá, 395 pessoas são capacitadas para o mercado de trabalho

O prefeito Paulo Duarte participou na noite de terça-feira (16), da formatura dos 395 alunos que concluíram os cursos de qualificação profissional oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), realizado em parceria pela Prefeitura de Corumbá com o Governo Federal. A cerimônia reuniu amigos e familiares dos estudantes, no Anfiteatro Salesiano de Santa Teresa.

 

Os cursos estão sendo coordenados pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania e foram desenvolvidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), que é parceiro da Prefeitura no Pronatec, juntamente com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). As aulas aconteceram no próprio SENAC e também nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) I, II e IV.

 

Representando as nove turmas desta primeira etapa, 12 alunos receberam das mãos das autoridades que compunham a mesa, os certificados de conclusão de curso. A aluna Silvana Maria Capistrano, do curso de Auxiliar de Serviço em Comércio Exterior, dedicou trechos do texto de Davi Khouri aos colegas ali presentes, destacando o poder que o homem tem de determinar o seu futuro. “Colegas, com certeza nós podemos”, comemorou a aluna.

 

Enfatizando a importância de tratar a Secretaria de Assistência Social e Cidadania de forma mais ampla e menos assistencialista, o prefeito Paulo Duarte reforçou a necessidade de trabalhar por meio da inclusão social, com oportunidade no mercado de trabalho. “Nós estamos trabalhando em Corumbá para buscar melhorias e fortalecer o comércio local, permitindo que as pessoas tenham oportunidades aqui na cidade”, declarou.

 

A noite era de festa. No entanto, o prefeito ficou indignado ao tomar conhecimento de que um grupo de alunos, todos moradores no Bairro Guató, não conseguiu chegar a tempo da solenidade, devido a problemas no transporte coletivo.

 

“Eu quero dizer pra vocês que, este ano, essa vergonha do transporte coletivo acaba”, declarou.  “Está ocorrendo um processo de licitação dentro das regras estabelecidas, para que todos tenham um transporte coletivo melhor e que as pessoas sejam tratadas com decência e dignidade”, informou o chefe do executivo.

 

Atender demanda

 

A gerente do Senac, Patricia Grace Pereira da Silva, destacou a importância do programa na vida dos jovens. “Existe uma demanda no mercado de trabalho, mas faltava uma qualificação profissional. O Pronatec veio para suprir essa necessidade”, explicou. “Junto com a parceria da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, queremos garantir que esses jovens qualificados em vários seguimentos, possam ser inseridos no mercado de trabalho, a partir da demanda do comércio local”, completou.

 

Para a secretária de Assistência Social, Andréa Ulle, o comprometimento da Prefeitura será efetivar o banco municipal de oportunidades. “Vamos criar um banco de dados formatado, com o currículo dessas pessoas”. “Vamos trabalhar também em parceria com a secretaria de Indústria e Comércio, buscando a inclusão desses jovens no mercado de trabalho”, completou.

 

Nesta primeira etapa, formaram os alunos dos cursos de Operador de Computador, Auxiliar Administrativo, Operador de Caixa, Almoxarife, Recepcionista, Recepcionista em meios de hospedagem, Balconista de Farmácia, Auxiliar Financeiro e Auxiliar de Serviços em Meios de Saúde.

 

Na cidade, 1.060 vagas foram disponibilizadas por meio do Pronatec para 18 cursos somente no 1º semestre, além de 520 para o SENAI durante o ano.