Brasil e Bolívia trabalham por maior integração comercial e industrial

A Prefeitura de Corumbá está em entendimentos com segmentos representativos de Puerto Suarez, na Bolívia, estudando uma série de ações com vistas a uma maior integração e fortalecimento dos setores comercial e industrial das duas cidades fronteiriças. A iniciativa faz parte de uma política adotada pelo prefeito Paulo Duarte que já está em entendimentos com as autoridades bolivianas, trabalhando pelo desenvolvimento integrado da região.

 

Depois de um encontro na Bolívia, as autoridades das duas cidades se reuniram em Corumbá na terça-feira, 02, para dar sequência às propostas levantadas anteriormente. A reunião ocorreu na Secretaria de Indústria e Comércio e contou com as participações do secretário Pedro Paulo Marinho de Barros; de representantes da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, Alfredo Zamlutti Junior (presidente) e Lourival Vieira; da Alcadia de Puerto Suarez, Guilhermo Flores; do cônsul brasileiro em Puerto Suarez, Jairo Collier, e Juan Alex Góngora Ayala da CAINCO.

 

Durante a reunião foram abordados temas relacionados à necessidade da cooperação fronteiriça para desenvolver o comércio e a indústria na região; elaboração de um levantamento sobre as dificuldades para os dois países no comércio e indústria; sugestão de melhorias para a região, e uma reflexão sobre o tratado de Roboré.

 

Pedro Paulo explicou que este trabalho integrado se faz necessário visando a elaboração de uma proposta no sentido de alavancar os setores comercial e industrial nas duas cidades. Conforme ele, as ações serão desenvolvidas em duas frentes. Na Bolívia, a CAINCO ficou de levantar as dificuldades e propor soluções para os dois setores. O mesmo será realizado em Corumbá pela Associação Comercial e pela Secretaria de Industria e Comércio.

 

Para Pedro Paulo essa reunião foi muito proveitosa. “Pela primeira vez fizemos uma reunião com as partes diretamente ligadas ao comércio e a indústria. Isso é bastante prático porque agora saberemos as reais dificuldades, para buscarmos uma solução que não seja prejudicial para nenhuma parte”, explicou

 

Nova reunião está sendo programada para tratar justamente do resultado de levantamento das dificuldades que está a cargos dos representantes das duas cidades.