Procon de Corumbá ativa atendimento telefônico local ao consumidor

Nesta segunda-feira, 18, primeiro dia útil após o Dia Mundial do Consumidor, o Procon de Corumbá ofereceu um café da manhã aos consumidores em sua sede regional e aproveitou a ocasião para anunciar uma novidade que promete representar um dos maiores avanços na relação entre clientes e empresas da Cidade Branca: a disponibilização de atendimento telefônico local para o número nacional “151”.

 

“Agora teremos corumbaenses atendendo as reclamações, dúvidas e denúncias dos corumbaenses e consumidores, em geral”, comemorou o advogado e gerente do Procon de Corumbá, Alexandre do Carmo Taques Vasconcellos. “E tudo de forma gratuita”, acrescenta.

 

O atendimento está disponível de segunda à sexta, das 7h30 às 13h30, mas a princípio a partir somente de telefones fixos. “As operadoras móveis precisam efetuar a configuração de suas antenas e isso passa pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas dentro de uns 30 dias o atendimento estará acessível também aos usuários de telefones celulares”, explica.

 

O Procon de Corumbá realiza uma média de 50 a 60 atendimentos diários e terá esse trabalho bastante facilitado com a central de atendimento local e gratuito.

 

Campeãs de reclamações

 

O Procon de Corumbá também divulgou o ranking das empresas que durante 2012 apresentaram o maior número de reclamações de consumidores. “Essa pesquisa atende o artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor, que estabelece que os Procons devem manter cadastros atualizados de reclamações contra fornecedores de produtos e serviços, devendo divulgá-lo pública e anualmente”, explicou. “Realizamos essa pesquisa desde 2011 e ninguém gosta de constar nessa lista. Por isso é importante também, para pressionar as empresas a respeitar cada vez mais o consumidor”.

 

O ranking com a lista das empresas mais reclamadas está disponível na unidade do Procon de Corumbá, na rua 15 de Novembro, 400.  No topo da lista estão os bancos, operadoras de telefonia e de TV a cabo, lojas de varejo. Entre as empresas mais reclamadas de 2012 estão a Americel (Claro), com 9,24% das queixas; a Brasil Telecom (telefonia fixa da Oi), com 7,58%; a Móveis Romera (3,94%); Enersul (3,56%); 14 Brasil Telecom Celular (3,48%); Vivo (3,48%); Oi (3,32%); Banco Cruzeiro do Sul (2,74%); Sanesul (2,57%); Banco Santander  (2,40%); Sky (2,24%); Terra Networks Brasil (2,20%); Banco do Brasil (1,86%); Losango Promoções de Vendas (1,86%); e Santo Show Produções e Eventos (1,66%)

 

Oi

 

Outra conquista comemorada pelo Procon de Corumbá é a implantação de uma central telefônica local na Oi, operadora que possui a concessão de exploração do serviço de telefonia fixa e móvel na região Corumbá. Até hoje a operadora não possuia um canal local direto com o consumidor corumbaense, disponibilizando para isso apenas os serviços de terceiros, sejam eles revendedores ou representantes. Daqui a 15 dias, no entanto, a Oi promete implantar em sua unidade de Corumbá uma central telefônica para o atendimento das demandas locais, como dúvidas, críticas e reclamações de seus clientes e usuários.  

 

Após ter sido notificada pelo Procon no final de janeiro por conta de um apagão que deixou milhares de usuários sem serviço de telefonia fixa e Internet, a Oi procurou a prefeitura e, na última sexta-feira, anunciou que até agosto deste ano instalará 1,2 mil portas de Internet em vários bairros da cidade.