Prefeitura trabalha prevenção à saúde bucal nas escolas da rede pública

Com o inicio ano letivo nas escolas municipais da Rede Municipal e Estadual, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação Geral de Saúde Bucal, inicia os trabalhos preventivos em saúde bucal que irão abranger os alunos na faixa etária dos 06 aos 14 anos. Estes trabalhos compreendem o levantamento do índice CPO-D e o programa coletivo em saúde bucal.

O índice CPO-D mostra a situação dos dentes permanentes das crianças, se estão cariados, perdidos (extraídos ou com indicação para extração) ou obturados. Este índice mostra a condição de saúde bucal das crianças do município verificando se as ações preventivas e curativas têm sido efetivas e nos orientam a planejar projetos para garantir uma melhor qualidade de saúde bucal.

O valor do índice CPO-D no ano de 2012 foi de 1,45 e a meta preconizada pela Organização Mundial da Saúde para este índice é 3.0. “Com estes procedimentos preventivos vamos garantir que as crianças da nossa rede escolar tenham uma saúde bucal cada vez melhor e com mais qualidade”, comentou o dentista Fabricio Widal de Albuquerque, Chefe do Núcleo de Atenção Básica em Saúde Bucal da Prefeitura.

Coletivo

O Programa Coletivo em Saúde Bucal desenvolve ações preventivas nas escolas da cidade durante todo o ano. São executadas escovações supervisionadas, aplicações tópicas de flúor e palestras educativas com todas as crianças matriculadas na rede municipal e estadual de nossa cidade.

Durante o ano são feitas 04 escovações e cada criança recebe 04 escovas atendendo assim a troca de escova que é preconizada a cada 03 meses; a aplicação tópica de flúor é feita 02 vezes por ano, visto que a água da nossa cidade é fluoretada,

“O levantamento referido é executado anualmente com o propósito de detectarmos o panorama geral da saúde bucal das crianças do município buscando desse modo formular frentes de trabalho que venham a sanar as necessidades identificadas”, complementou Zacaria Omar, coordenador Geral de Saúde Bucal.