Prefeitura trabalha para atrair novo segmento turístico a Corumbá

Reconhecido pelo Ministério do Turismo como um dos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional no Brasil, Corumbá é referência quando o assunto é a pesca esportiva. A fauna e a flora da maior planície alagada do Mundo, o Pantanal, também atrai milhares de estrangeiros todos os anos. Para esses grupos, as pousadas da Estrada Parque são a opção preferida.

Com esses segmentos já consolidados, a Prefeitura agora busca fomentar a presença de um outro tipo de público na cidade.  “Queremos trazer pessoas interessadas em nossa riqueza cultural, na nossa história e nosso rico patrimônio arquitetônico”, descreveu a diretora-presidente da Fundação de Turismo de Corumbá, Hélènemarie Dias Fernandes. Nesse sentido, algumas importantes parcerias já foram concretizadas.

“Buscamos a Fecomércio e propomos a formação de roteiros turísticos que comercializem a cidade dentro do Estado, que são possíveis de serem articulados em toda rede SESC Nacional, através do Turismo SESC – Mato Grosso do Sul”, continuou Hélènemarie. O primeiro pacote já disponibilizado pela instituição, voltada ao atendimento dos comerciários e suas famílias, é o Arraial do Banho de São João.

“E também estamos analisando a possibilidade de formar grupos para o Festival América do Sul em tempo hábil”, completou a responsável pela Fundação de Turismo. Nesta semana, uma técnica do Sesc – MS esteve na cidade para analisar a viabilidade de montar outros roteiros que não fossem atrelados ao calendário festivo da região. “Viemos para conhecer mais a fundo os atrativos de Corumbá”, explicou a turismóloga Fernanda Arnal.

Acompanhada por uma equipe da Prefeitura, ela visitou os museus da região, o trade turístico, a Casa do Massabarro, a Estrada Parque, o Forte Junqueira e o Cristo Rei do Pantanal. “Existem os produtos que podem ser explorados dentro e fora do Estado. Tem muito o que se ver em Corumbá”, avaliou a assessora do Sesc – MS. Os grupos formados pela instituição contam com guias locais, uma forma de valorizar a mão de obra local.

“Esse é o principal objetivo da atual administração municipal: fortalecer o turismo e oportunizar a geração de renda para os trabalhadores e o comércio da cidade. E é nesse sentido que estamos focando nosso trabalho e buscando parcerias, como essa com o Sesc”, concluiu Hélènemarie.