Prefeitura leva arte e cultura para alunos do Almirante Tamandaré

A Prefeitura de Corumbá lançou na manhã desta quarta-feira, 06, na Escola Municipal Almirante Tamandaré o projeto piloto “Arte Sem Fronteiras”, que vai atender, de imediato, 150 alunos de 09 a 12 anos. A iniciativa é da Fundação de Cultura para fomentar a cultura de forma ampla, estimulando a criação e a imaginação das crianças por meio de oficinas de artes.

 

O projeto foi apresentado pelo gerente de Políticas Públicas para a Cultura, José Gilberto Garcia, que estava acompanhado de professores que serão responsáveis por aulas de teatro, música e capoeira, três das cinco atividades previstas no projeto. As outras duas são dança e desenho. Ele representou a diretora-presidente da Fundação, vice-prefeita Márcia Rolon.

 

O objetivo do projeto é difundir a cultura de forma orientada, para os bairros mais afastados do centro da cidade. “Escolhemos a Escola Almirante Tamandaré por estar localizada na parte alta da cidade e atender crianças e jovens de diversos bairros, que muitas vezes não tem como fazer alguma atividade cultural”, disse o gerente, lembrando que outro fator que pesou na escolha, foi o fato de “termos constatado que alguns professores já desenvolviam o conceito de arte com os alunos. Então, agora, vamos apenas aperfeiçoar esse trabalho”, explicou.

 

O projeto trabalhará com cinco oficinas: dança, teatro, música, desenho e capoeira, cada uma delas com 25 alunos, com exceção da capoeira que terá 50 estudantes (duas turmas). “As oficinas serão ministrados em contraturno, ou seja, quem estuda de manhã, fará as oficinas à tarde, e os da tarde pela manhã”, adiantou.

 

Gilberto comentou que o projeto será desenvolvido por um período de quatro meses e em julho as crianças farão uma grande apresentação como encerramento do curso. “A pretensão é levar o projeto a outros estabelecimentos de ensino da cidade, conforme o que prevê o Plano Municipal de Cultura de Corumbá”, disse Gilberto.

 

O projeto, em sua fase piloto, servirá de base e meio de pesquisa para a expansão das atividades, buscando atingir todas as regiões de Corumbá, com a possível criação de centros culturais, alinhando esforços com a Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, e a busca por firma parcerias com o setor privado, que pode apadrinhar o projeto.