Prefeito pede mais atenção e carinho no atendimento da rede de saúde

O prefeito Paulo Duarte se reuniu na tarde desta quarta-feira, 20, com cerca de 80 agentes comunitários de saúde no auditório do paço municipal. Ao lado da secretária de Saúde, Dinaci Ranzi, ele destacou a importância de ‘acolher’ os usuários do sistema de saúde, a começar pelo atendimento que é feito nas residências. “A saúde começa pelo carinho e acolhimento e é importante que vocês se sintam parte desse processo”, disse.

 

Os agentes comunitários de saúde são considerados os “olhos” da saúde nas casas das famílias. De motocicleta ou à pé, eles caminham pelos bairros de Corumbá e batem de porta em porta promovendo a saúde e o bem estar das pessoas de formas diversas, que vão desde o encaminhamento a uma unidade de atendimento, dicas e estímulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, cuidados com a saúde bucal, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças, monitoramento da caderneta de vacinação e até identificando as pessoas sem registro civil e documentação e que, eventualmente, podem ser inscritas em algum programa social municipal, estadual ou federal.

 

O prefeito falou também destacou a importância de se humanizar o atendimento e adiantou o lançamento do Projeto Cuidar, alinhado com a Política Nacional de Humanização (HumanizaSUS). O programa municipal deve ser apresentado oficialmente em abril e tem o objetivo de acolher o usuário já na porta de entrada dos postos de atendimento e demais unidades de saúde a fim de acolhê-lo em suas necessidades. “Nosso slogan é cuidar bem da cidade e cuidar bem das pessoas e o Projeto Cuidar é isso, atendê-las em seu momento mais vulnerável e difícil”, acrescentou.

 

O projeto pretende capacitar funcionários, estagiários e também os agentes de saúde a uma correta abordagem aos usuários da rede municipal antes mesmo do atendimento médico, nas filas, nas salas de espera. A secretária Dinaci Ranzi aproveitou a ocasião para fazer um convite aos agentes comunitários. “Lanço o desafio a vocês para que participem desse programa, que não só agiliza o atendimento, mas também qualifica nossa atenção e humaniza o processo”, acrescentou.

 

Diálogos

 

A Secretaria de Saúde de Corumbá está realizando nesta terça e quarta-feira, dias 19 e 20, uma série de encontros com os cerca de 150 agentes comunitários de saúde do município no auditório da prefeitura municipal. “Diálogos”, como prefere denominar a secretária de Saúde, Dinaci Ranzi. “O objetivo é ouvir e conversar com os agentes comunitários, que são o ponto de partida para o trabalho da Saúde nos bairros, personagens fundamentais na integração dos serviços de atenção primária à saúde da comunidade”, diz.

 

Entre terça e quarta-feira, 150 agentes comunitários participaram do encontro, comandado por Dinaci. A secretária fez um resgate dos objetivos e valores do Sistema Único de Saúde (SUS), reconhecidamente um dos melhores do mundo, e dos princípios de universalidade, integralidade e equidade, que regem o sistema. “Nas visitas que vocês fazem, é possível ir além e detectar sinais de violência sexual em uma determinada residência, de falta de alimentação, de maus tratos com o idoso e dar o encaminhamento correto a essas demandas. Enfim, é preciso dar mais aos que necessitam de mais”, explicou Dinaci a uma plateia de 80 agentes, em clara menção ao princípio da equidade.

 

Gestão participativa

 

Dinaci reforçou, ainda, que a administração municipal é norteada pelos princípios da transparência, da democratização da gestão e do trabalho coletivo e convidou os agentes comunitários a também participarem da gestão da saúde municipal. “Sem a contribuição de vocês, de nada adianta o trabalho dos gestores, por melhor que seja”, advertiu. “Sabemos que a situação da saúde não é boa, mas estamos trabalhando muito para torná-la referência no estado do Mato Grosso do Sul e só chegaremos lá com vocês”.

 

A secretária de Saúde e sua equipe já realizaram reuniões com médicos, enfermeiros, dentistas, funcionários do administrativo e agora com agentes comunitários. Esses encontros serão realizados periodicamente com esses e outros profissionais com o intuito de realizar um trabalho conjunto de diagnóstico da situação da saúde no município, apontar problemas e desafios, além de formas de se trabalhar essas questões. O que se vê ao final dessas reuniões é muita motivação, disposição e profissionais imbuídos do desejo de construção de uma saúde mais humana e eficiente em Corumbá.