Feira Brasbol também esteve na pauta da reunião em Puerto Suarez

A Brasbol, feira tradicional do bairro Dom Bosco, implantada para comercializar produtos artesanais bolivianos, em especial, também esteve na pauta do encontro entre os prefeitos Paulo Duarte, de Corumbá, e Roberto Vaca Yorge, de Puerto Suarez.

 

Para Paulo Duarte, é preciso organizar urgentemente a situação do centro comercial, que conta com um grande número de comerciantes bolivianos e que não atende os requisitos básicos de segurança e de combate a incêndio.

 

“Além do mais, o local foi criado para o comércio de artesanato e, com o tempo, se desvirtuou de seu objetivo inicial. Não queremos tirar o emprego de ninguém, apenas estabelecer normas e critérios conjuntamente para ser bom para todos”, explicou Paulo.

 

O prefeito de Puerto Suárez concordou prontamente e se dispôs a conversar com os representantes da Brasbol e das associações comerciais. “Temos de conversar com toda essa gente. Quando se está em território brasileiro, é preciso obedecer as normas brasileiras. Elas foram feitas para serem cumpridas”, disse o alcaide.