Cidades Históricas: prefeito apresenta projetos e confia na aprovação

O Prefeito Paulo Duarte e a Diretora Presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico de Corumbá, Maria Clara Scardini, se reuniram na manhã desta segunda-feira, 04, com a presidente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Jurema de Sousa Machado, e com o coordenador nacional do PAC das Cidades Históricas, Robson Antônio de Almeida, para apresentar e defender os 17 projetos de Corumbá no programa.

 

O encontro aconteceu em Brasília e o prefeito mostrou-se satisfeito após o encontro. “Cumprida essa primeira etapa da missão. Agora, faremos alguns ajustes finais”, comentou, observando que os projetos serão submetidos a uma avaliação técnica e o anúncio das obras contempladas será feito entre o final do mês de abril e o início de maio. Os projetos serão avaliados pelo Iphan, Ministério do Turismo, Ministério do Planejamento, Ministério da Fazenda e Casa Civil.

 

O prefeito corumbaense lembra que Corumbá protocolou um total de 17 projetos no Governo Federal, todos incluídos no PAC das Cidades Históricas. Disse estar bastante confiante, lembrando que todos foram elaborados em sintonia com o Iphan. São projetos importantes e entre eles estão recuperação de prédios históricos como a Casa do Artesão, prédio da antiga sede da Prefeitura, Casa de Cultura Luiz de Albuquerque, além de outros, inclusive o embutimento da fiação da área central da cidade, tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional.

 

Paulo Duarte informou também que conversou com o senador Delcídio do Amaral, “até para fazer uma prestação de contas e disse que a parte técnica foi concluída com muito êxito e que agora inicia-se a parte política. Trabalharemos em conjunto, eu e o senador, para que a maioria, senão todos, os projetos sejam aprovados”, comentou, confiante.