Primeira etapa do recadastramento de servidores começa nesta quarta

O recadastramento dos servidores efetivos ativos, efetivos, comissionados, contratados e temporários da Administração Direta, Fundações e Autarquias da Prefeitura de Corumbá começa nesta quarta-feira, dia 20 de fevereiro. A medida, determinada pelo prefeito Paulo Duarte, visa atualizar, corrigir e complementar dados e informações pessoais, profissionais e familiares dos colaboradores do Executivo municipal.

 

“Os resultados desse levantamento, além de substituir e acrescentar dados do registro de cada servidor, permitirá definir os parâmetros de formulação da política de recursos humanos do Município e de instituição de programas de capacitação, qualificação e aperfeiçoamento profissional dos servidores”, explicou o secretário de Gestão Pública, Luiz Henrique Maia de Paula.

 

O recadastramento terá inicio com uma medida indispensável para o aprimoramento do Sistema Informatizado de Recursos Humanos da Prefeitura: a liberação para todos os servidores de uma senha individual. Será a mesma utilizada para a emissão do holerite mensal pela internet. A senha permitirá acesso aos dados e informações pessoais registrados no cadastro, garantindo assim a privacidade de cada servidor e a segurança do sistema.

 

Dessa forma, o recadastramento será realizado em duas etapas. De 20 a 26 de fevereiro, todos os servidores que não possuem acesso ao holerite online devem providenciar o cadastramento na Superintendência de Gestão de Recursos Humanos, localizada no Paço Municipal. De 28 de fevereiro a 15 de março, a atualização, correção ou inclusão de dados e informações pessoais deve ser feita no link “Recadastramento”, disponível no site da Prefeitura.

 

O recadastramento é obrigatório para todos os servidores que se encontram cedidos, licenciados ou afastados, os quais deverão preencher o formulário na internet e apresentar os documentos no órgão ou entidade de lotação. O ocupante de cargo efetivo, comissionado, contratado ou temporário, bem como o licenciado ou afastado, mesmo que não tenha informação a corrigir, alterar ou complementar, também deve fazer o recadastramento, sob pena de ser considerado omisso.

 

Após concluir o processo pela internet, o funcionário deverá assinalar seu encerramento e imprimir o comprovante, que conterá a lista dos registros substituídos e incluídos. Quando tiver lançado dado ou informação para ser homologado, ele deverá entregar os documentos comprobatórios no setor de Gestão de Recursos Humanos do seu órgão ou entidade de lotação. O servidor que não se recadastrar no prazo fixado será suspenso, automaticamente, da folha de pagamento.

 

A Resolução SEMGEP nº 001, que dispõe sobre os procedimentos para realização do recadastramento dos servidores municipais de órgãos e entidades do Poder Executivo de Corumbá, instituído no Decreto nº 1.117, foi publicada no Diário Oficial de Corumbá desta segunda-feira.