Prefeitura monta força tarefa e inicia mutirão contra dengue segunda

A Prefeitura de Corumbá inicia na segunda-feira, 25, uma grande ação de combate à dengue na área urbana do Município. O mutirão, batizado de ‘um por todos e todos contra a dengue’, começa pela área central da cidade, região com maior incidência de notificações da doença, 72, e de casos positivos, 12, registrados ate a semana epidemiológica 07. O lançamento será às 07h30, no Ginásio Poliesportivo, na Rua Porto Carrero. A ação é uma orientação do prefeito Paulo Duarte que está preocupado com a incidência de dengue na área urbana.

 

Os detalhes do mutirão foram definidos na manhã de hoje e os trabalhos vão envolver agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, integrantes do projovem, programa Elo, além de soldados do Exército Brasileiro e outros servidores das pastas da Saúde, Educação, Meio Ambiente, Infraestrutura, Assistência Social, Cultura, Turismo, Produção Rural, Industria e Comércio.

 

“Vamos atuar com 16 equipes. Só nas visitas às residências, teremos 14 equipes, cada uma com agentes de saúde, agentes de endemias e soldados. Além disso, teremos uma para atender imóveis fechados, que contará com um fiscal da Vigilância Sanitária, além de um chaveiro, e uma outra para percorrer o trecho com o caminhão, para coletar o lixo retirado das residências”, explicou a coordenadora geral de Vigilância em Saúde da Prefeitura, Viviane Ametlla.

 

No encontro desta manhã, com a presença inclusive da vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura, Márcia Rolon, ficou estabelecido que, além da limpeza, o mutirão vai permitir reforçar as ações educativas, no sentido de conscientizar a população sobre a importância de manter a limpeza para evitar focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

 

O mutirão vai também atingir os terrenos baldios que estão sujos, colocando em risco a saúde da população. Neste caso, a exemplo dos imóveis fechados (desocupados), um fiscal integrará as equipes, para notificar os proprietários que serão multados e ainda terão seus imóveis com índices diferenciados quando do lançamento dos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano de 2013. O IPTU será bem acima do valor normal, como forma de penalizar os contribuintes que não estão fazendo o dever de casa, eliminando os focos da dengue.

 

A ação terá apoio de um carro de som que vai percorrer todo o trecho que será coberto por dia. A ação na área central será desenvolvida no quadrilátero compreendido entre as ruas Porto Carrero, Ladário, Delamare e Sete de Setembro. A previsão é cobrir 14 quarteirões por dia. Só no centro são 50 quarteirões. Após a conclusão do arrastão, o trabalho será desenvolvido nos bairros da cidade, principalmente nos considerados de maiores riscos.