Rede hoteleira praticamente com leitos esgotados para o carnaval

A rede hoteleira de Corumbá conhece muito bem a movimentação durante o período de carnaval. Tanto é que muitas reservas são feitas a partir do ano anterior e, agora, não foi diferente. É o que explica Luciane Ferreira Toledo, gerente de um hotel da cidade. Segundo ela, “para este carnaval as reservas começaram bem antes, em setembro. Já recebemos muitos pedidos e agora estamos com quase todas as nossas acomodações preenchidas. Acredito que, com a divulgação da nossa festa na mídia, em pouco tempo estaremos lotados”, comentou.

 

Monica Marques, gerente de outro hotel, afirma que, neste período, todos os apartamentos estão lotados, e que às vezes, é preciso arrumar camas extras. “Temos clientes que reservam quartos triplos e algumas vezes acabam vindo mais pessoas. Aí temos que dar um jeitinho e colocar mais algumas camas extras nos leitos”, adiantou.

 

Zona rural

 

Os hotéis pesqueiros, localizados a 70 km da cidade, também ficam lotados nessa época do ano. “Eu sempre recebo turistas que aproveitam o feriado do carnaval para descansar e conhecer o Pantanal. Mas muitas das vezes, eles acabam indo até a cidade para aproveitar a folia ou até mesmo para ver o desfile”, disse Odila Silveira, proprietária de um hotel pesqueiro, que está viabilizando a compra de um camarote na Passarela do Samba, para atender um grupo de turistas de Belo Horizonte, que vai passar o carnaval na região.

 

O carnaval movimenta também a economia do comércio, segundo o vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, Lourival Vieira Costa. “Os turistas aquecem as vendas nesta época. Nas lojas comerciais, esperamos um aumento nas vendas de 5%. Já nos bares e restaurantes, 20%. Nestes locais, o fluxo de pessoas é bem maior”.

 

Para o gerente de uma empresa de transporte intermunicipal, Gesiel Rodrigues Santos, o movimento maior acontece durante a folia. “A maioria das pessoas deixa pra vir na semana ou mesmo na sexta-feira de carnaval. Por conta disso, para essa data vamos dobrar o número de carros, ou seja, estaremos trabalhando com 12 carros, a princípio, mas se for preciso colocaremos mais”, adiantou.