Prefeitura vai elaborar plano de ação para assentamentos rurais

Lideranças dos assentamentos rurais de Corumbá se reuniram nesta sexta-feira (25) com o prefeito Paulo Duarte e o secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda, para apresentar as demandas existentes em cada região. Entre as principais reivindicações, algumas comuns entre todos produtores, como o abastecimento de água, o transporte coletivo e a manutenção dos maquinários agrícolas e estradas vicinais.

Participaram do encontro representantes dos assentamentos Paiolzinho, Tamarineiro I, Tamarineiro II Sul, Taquaral, Urucum, São Gabriel e do Setenta e Dois, localizado no município de Ladário. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Corumbá e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR) também estiveram na reunião, realizada no auditório da Prefeitura.

Depois de receber as solicitações de cada assentamento, Duarte determinou a elaboração de um plano de ação que atenda os pequenos produtores rurais. Já na próxima quarta-feira, dia 30, o prefeito reúne seu secretariado para dar início ao trabalho. “Vamos definir com cada área, com a Saúde, a Educação, a Agetrat, Cultura e a Secretaria de Obras, o que é atribuição de cada uma e estabelecer as prioridades desses pedidos apresentados aqui”, afirmou.

O chefe do Executivo municipal ainda reafirmou a disposição de trabalhar junto com os assentados, compromisso assumido ainda durante a campanha eleitoral. “Essa será nossa forma de relação. Essas conversas, esses encontros, serão uma constante”, garantiu. A próxima agenda com a categoria foi definida para o final de fevereiro, quando devem ser apresentadas respostas para alguns dos problemas relacionados pelas lideranças.

O prefeito também reiterou a busca de parcerias para solucionar as mazelas dos pequenos produtores. “Vamos trabalhar de forma integrada e fazer isso com muita franqueza e sinceridade”, comentou. Paralelamente a elaboração do plano de atuação, a Prefeitura deu início a ações pontuais na zona rural. “Já identificamos os pontos críticos das estradas, buscamos a Secretaria de Obras e vamos trabalhar para resolver essa situação antes do início do ano letivo”, afirmou Pedro Lacerda.

Mensalmente, o secretário de Produção Rural terá um encontro com as lideranças em suas sedes. “Vamos atuar de forma itinerante. Ver a situação de vocês in loco”, destacou. As propostas agradaram as lideranças. “Estamos esperançosos, com a expectativa de que vai dar certo, de que esse é o caminho”, afirmou a presidente do sindicato que representa a categoria, Divina Rosa da Cruz.

“Acredito que a Prefeitura está fechada com a gente. Só assim vamos conseguir fazer os assentamentos crescerem e não deixar as famílias se evadirem de lá”, comentou Epifânio Martins, do assentamento Jacadigo. “Dá para ver que a Prefeitura está com vontade de ver in loco os problemas da cidade. Isso nos enche de esperança”, completou Eduardo Dias Braga, representante do Urucum, Albuquerque e do assentamento Mato Grande.