Paulo Duarte quer reforçar atuação da Força Nacional em Corumbá

Conhecer mais profundamente o trabalho da Força Nacional de Segurança Pública na região e viabilizar parcerias para que a atuação do órgão seja ampliada na fronteira de Corumbá com Puerto Quijarro, na Bolívia. Essa foi a pauta da reunião do prefeito Paulo Duarte com militares da corporação federal, realizada na tarde desta sexta-feira (11), na Prefeitura.

“Mesmo não sendo uma atribuição do Município, a Segurança Pública é uma questão que vamos dar bastante atenção. Por isso foi criada uma Coordenadoria Municipal, que além de gerenciar a atuação da Guarda Municipal, Defesa Civil e dos Agentes de Trânsito, também vai fazer essa interlocução com todas as entidades da Segurança Pública na cidade”, explicou o prefeito.

Além da Força Nacional, Duarte ainda se encontrou nesta sexta com o comandante do Departamento de Operações de Fronteira (DOF). “Também vamos dialogar com as policiais Militar, Civil, Corpo de Bombeiros e a Polícia Federal. Na próxima semana teremos uma agenda com o secretário estadual de Segurança Pública para reforçar ainda mais essa integração”, reforçou Duarte.

Com relação à atuação da Força Nacional, o prefeito destacou a importância da entidade na faixa de fronteira. “São uma média de 15 a 20 homens destacados para a cidade. Eles ficam por aproximadamente três e depois são remanejados, vindo outros para cá. Aqui eles desempenham uma função essencial combatendo todos os tipos de crimes fronteiriços”, comentou.

A intenção do chefe do Executivo municipal é favorecer com que esse trabalho seja ampliado e realizado de forma integrada com a Guarda Municipal. “Vamos ver o que é viável em termos legais e buscar alternativas para aumentar a segurança da população”, completou. Em Corumbá, a Força Nacional trabalha juntamente com a Polícia federal, conforme estabelece o convênio assinado entre o Estado e a União.

Participaram da reunião o coordenador municipal de Segurança Pública, Fernando Lucena; o subcomandante da Força Nacional em Corumbá, tenente Jonathan Pires; o sargento Humberto Alves; e o soldado Wander Fragão. Atualmente a Força conta com 15 homens em Corumbá.