Paulo Duarte diz que Pôr do Som leva cultura e lazer à população

O prefeito Paulo Duarte participou na tarde de domingo (06) da primeira edição do Pôr do Som de 2013 e reforçou que o projeto será mantido, com melhorias, inclusive. O evento acontece sempre aos domingos, nos finais de tarde, e movimenta a região do Porto Geral, na Rua Manoel Cavassa.

 

“Visitei o projeto Pôr do Som e reforcei a intenção de manter e dar continuidade ao projeto, que leva cultura e lazer para a nossa gente”, observou o prefeito, num contato com o público presente, que lotou a ferradura. Paulo Duarte prestigiou a apresentação da bateria da Liga das Escolas de Samba de Corumbá, apontada por ele como “uma pequena prévia e um ‘esquenta’ para o carnaval que se aproxima”.

 

Paulo Duarte estava acompanhado de assessores e já orientou a equipe da Fundação de Cultura do Pantanal de Corumbá para realizar o melhor carnaval de todos os tempos na região pantaneira, provando mais uma vez que Corumbá faz a melhor festa do centro-oeste brasileiro.

 

O Pôr do Som de domingo foi animado pela Bateria Show da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco). Foi organizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Cultura do Pantanal.

 

Foi comandado pelo mestre Ninho e reuniu interpretes e compositores das escolas de samba. No repertório, sambas enredos que marcaram a folia pantaneira, e do carnaval carioca.

 

Limpeza

 

Depois de participar do Pôr do Som de domingo, o prefeito visitou o Porto Geral no início da manhã desta segunda-feira (07), às 06h30, e confessou que não gostou do que viu. “Nosso cartão postal está com muitas garrafas, latas e papéis espalhados. Como o evento terá uma continuidade ao longo do ano, já liguei para a equipe responsável pela limpeza e solicitei um cuidado maior a partir do próximo domingo com a questão da limpeza no Porto Geral”, informou.

 

Paulo comentou que a prefeitura vai fazer a sua parte, colocando coletores ao longo de todo o Porto Geral. No entanto, fez um pedido: colaboração da comunidade, reforçando a necessidade de maior conscientização da população para manter a cidade limpa, contribuindo não só para o visual da área urbana, mas também da saúde dos próprios corumbaenses.