Corumbá terá comitê de recepção e coleta de informações turísticas

Receber os turistas de braços abertos e prancheta nas mãos: essa é a proposta de trabalho da Fundação de Turismo a partir de agora. “Quem são esses turistas? Quantos são? De onde vem? Quanto gastam e onde? Precisamos dessas informações para conhecer quem nos visita e mensurar sua movimentação financeira no município”, justifica a presidente da Fundação de Turismo, Hélènemarie Dias Fernandes, que acredita no poder da informação para a construção conjunta de um modelo de gestão mais adequado às demandas e exigências do setor. “A partir desses dados, Corumbá pretende montar uma estrutura organizacional mais eficiente e se preparar para receber cada vez melhor o turista”, acrescenta.

 

Para coletar essas informações, a Fundação de Turismo contará com o trabalho de 15 agentes, que se revezarão em pontos estratégicos de entrada e saída do fluxo de turistas na cidade. A ação ocorrerá entre os dias 07 a 10 de fevereiro, das 8h às 20h, no posto fiscal do Lampião Aceso, na BR-262, e contará com o apoio da Polícia Militar na abordagem dos ônibus de turismo e veículos com placas de outros municípios.

 

“Acolheremos gentilmente todos os turistas, subiremos nos ônibus e, com muita simpatia e descontração, distribuiremos brindes, a programação do carnaval e o mapa da cidade”, detalha Hélènemarie. “Sem jamais esquecer do objetivo principal, que é aplicar o questionário para conhecer o perfil de quem nos visita”, diz.

 

A contagem dos turistas e coleta de informações se dará também em pontos estratégicos do município, de 10 a 12 de fevereiro. durante todo o dia, e na rodoviária municipal nos dias 12 e 13, também o dia todo. “É importante ouvir essas pessoas também no momento do retorno, quando estão de saída, suas impressões sobre o carnaval, da estrutura do município, pontos de melhoria, por isso a ideia de abordá-los na rodoviária”.

 

Paralelamente a isso, um outro tipo de questionário será aplicado aos não-turistas (residentes) entre os dias 10 e 12. “Montaremos uma central de pesquisa para ir tabulando essas informações à medida que elas forem coletadas. Assim, já na quarta-feira de cinzas teremos os dados compilados e prontos para ser entregues ao prefeito Paulo Duarte, conforme ele nos pediu”.