Corumbá abre inscrições para qualificação de 1,6 mil trabalhadores

A Prefeitura de Corumbá está abrindo nesta segunda-feira, 22, as inscrições para qualificação de 1,6 mil trabalhadores por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), desenvolvido em parceria com o Governo Federal. Os interessados podem procurar uma das unidades do Centro de Referência de Assistência Social e os cursos começam ser oferecidos em fevereiro.

 

O Pronatec em Corumbá está sendo coordenador pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania. O programa tem como público alvo as pessoas atendidas pelo Bolsa Família, vem como pelo Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC).

 

Os cursos, conforme a secretária de Assistência Social e Cidadania, Andréa Cabral Ulle, serão realizados nas unidades do Senai, Senac, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS I, II e IV), bem como no Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco.

 

Em Corumbá, o Pronatec vai ampliar a oferta de vagas na educação profissional e tecnológica, além de melhorar as condições de inserção no mercado de trabalho. “A partir desses benefícios, a Prefeitura vai garantir, além da formação cidadã, a inclusão e o combate à desigualdade social”, explicou Andréa Ulle.

 

Os cursos

 

No Senac, os cursos serão iniciados em fevereiro e as ofertas de vagas para o primeiro semestre são para as áreas de operador de computador, auxiliar administrativos, camareira em meios de hospedagem, operador de caixa, almoxarifado, recepcionista em meios de hospedagem, balconista de farmácia, auxiliar financeiro e auxiliar de serviços em comércio exterior.

 

Os cursos montador e reparador de computadores, auxiliar de pessoal, garçom, recepcionista de serviços de saúde, acompanhante de idosos, organizador de eventos, atendente de nutrição, representante comercial e vendedor e operador de caixa, estão programados para abril.

 

Já no Senai, os cursos serão iniciados em março e as vagas são para as áreas de ajustador mecânico, amostrador de minérios, auxiliar de manutenção predial, beneficiador de minérios, eletricista de industrial, eletricista instalador predial de baixa tensão, encanador instalador predial, operador de computador, operador de máquinas de usinagem convencional, operador de mina, operador de processos químicos na mineração, pedreiro de alvenaria, pintor de imóveis, soldador no processo eletrodo revestido de aço carbono e de aço baixa liga e torneiro mecânico.

 

A secretária Andréa Ulle orienta as que não possuem o cadastro único do Governo Federal, mas desejam participar do Pronatec, para procurar o CRAS mais próximo de sua residência, e efetuar o cadastro. A idade mínima para participar dos cursos é de 14 anos e é necessário ter o Ensino Fundamental, nível 2 completo.