Prefeitura reforça parceria com SSCH contra desigualdade social

A inauguração do novo prédio do Centro de Referência de Assistência Social III (CRAS III) no Bairro da Cervejaria foi apontada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, como um exemplo sobre o que pode ser feito quando o Poder Público e a sociedade desejam. “Mostrou que é possível estabelecer parcerias para atender famílias que realmente necessitam, que se encontram em extrema vulnerabilidade social”, comentou.

 

O comentário foi feito na manhã desta quinta-feira (02), durante o ato inaugural do CRAS III, localizado na Avenida Brandão Junior, prolongamento da 21 de Setembro, no Bairro da Cervejaria, próximo à Igreja São Pedro. O Centro de Referência passou a funcionar nesta quinta em uma ampla estrutura reformada, ampliada e mobiliada pela Prefeitura, um investimento de mais de R$ 486 mil (só na obra física foram R$ 300 mil), recursos da própria municipalidade.

 

O prédio foi cedido à Prefeitura pela SSCH, em regime de comodato, por um período de 15 anos. A inauguração da sede do CRAS III foi especialmente escolhida para este dia 02 de agosto, como forma de homenagear a Seleta que, nesta data, completa 104 anos de fundação, a mais antiga do Brasil.

 

“Esta é uma data especial. Estamos comemorando os 104 anos da Seleta e a inauguração de um equipamento público, que só foi possível idealizar, a partir da cedência desse prédio pela própria SSCH, e que vai nos permitir qualificar e atender aquelas pessoas que realmente necessitam”, celebrou Ruiter.

 

Na sua opinião, esta união iniciada em 2008, quando a instituição era presidida por Nilton Vaz, e que está se concretizando nesta data com a inauguração das novas instalações do CRAS III, sinaliza para as demais instituições que, com parcerias, “é possível construir políticas públicas voltadas para o bem geral da sociedade, daquelas pessoas que mais necessitam”.

 

O chefe do executivo corumbaense elogiou a atitude da Seleta em atender o chamamento da Prefeitura. Fez um novo convite para que a instituição continue esta parceria, “que sejam padrinhos do CRAS III, participando das ações desenvolvidas no local”. Lembrou que isto é possível, principalmente pelo fato de que “o que nós, Poder Público, queremos, os seletianos também querem, direito à cidadania”.

 

Um marco

 

Para o presidente da SSCH, Silvino Rodrigues Ribeiro, a inauguração do prédio do CRAS III se tornou “um marco importante para a Seleta”. Explicou que, há 104 anos, quando a instituição iniciou suas atividades na Cervejaria, foi justamente pensando em atender a comunidade carente do bairro. “Este objetivo está tendo continuidade agora, com o início das atividades neste prédio”.

 

O novo CRAS III está funcionando em um prédio doado pelo saletiano Alexandre Coutinho. Foi lá que, em 21 de setembro de 1925, a Seleta fundou a Escola Mista 21 de Setembro. Sete anos depois, em 1932, se tornou também a sede da SSCH, até a construção do prédio na Rua Colombo, sua sede atual.

 

A inauguração contou inclusive com a participação de membros da Seleta não só de Corumbá, mas também de Ladário, Bonito, Campo Grande. Foi prestigiada também pelo presidente do Grande Quadro Nacional da SSCH, Adir Paes da Silva, que veio a Corumbá especialmente para participar das celebrações dos 104 anos da instituição, fundada em 02 de agosto de 1908.

 

Presentes ainda os secretários Haroldo Waltencyr Ribeiro Cavassa, de Assistência Social e Cidadania; Cássio Augusto da Costa Marques, de Gestão Governamental; Ricardo Ametlla, de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos; da secretária especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira, além de outros assessores da Prefeitura, moradores da região e alunos da Escola Municipal Tilma Fernandes.