Prefeitura licita obras da tomografia, ressonância e hemodinâmica

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira participou do Encontro Integrado da 4ª Macrorregião de Saúde de Mato Grosso do Sul. Ele destacou os avanços e o que vem sendo feitos para acompanhar esta transformação. Na abertura dos trabalhos anunciou que a Prefeitura programou a licitação para construção do complexo de tomografia e ressonância magnética para o dia 19, e da hemodinâmica no dia 27, todos integrados ao Hospital de Corumbá.

 

“Estamos abrindo processo de licitação para construção dos setores de tomografia, da ressonância e da hemodinâmica na Santa Casa. Lá atrás quando, se falou disso, muitos desacreditavam e até ridicularizaram essa ação”, recordou o prefeito.

 

“O sonho de ser ter ressonância magnética, tomografia e hemodinâmica sem precisar enfrentar uma longa e desgastante viagem até a capital está se tornando realidade na sua estrutura física e já estamos também estruturando a licitação para fazermos o comodato dos aparelhos que vão funcionar dentro desse complexo físico”, completou Ruiter, que ainda destacou a singularidade do Pantanal e a distância da cidade até Campo Grande.

 

“Não era justo ter uma região de mais de 120 mil habitantes, considerando Corumbá, Ladário e levando em conta a região de fronteira – que não entra nos dados oficiais, mas na prática do hospital é bem diferente, pois temos que atender, auxiliar e não só na Santa Casa, como também na rede básica, onde atendemos muito a população boliviana – e buscarmos esses serviços a mais de 400 quilômetros de distância daqui”.

 

Para o prefeito, o reconhecimento da 4ª Macrorregião de Saúde de Corumbá e Ladário representa um “acréscimo de qualidade” para a população das duas cidades. O prefeito de Ladário, José Antonio Assad e Faria, e o secretário de saúde do município vizinho, Cleber Colleone, também participaram do encontro desta terça-feira.