Ruiter assina convênio para reforma do prédio do Centro Médico

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) anunciou a reforma do prédio onde funcionará o Centro de Especialidades Médicas Dr. Fadah Scaff Gattass (CEM), na Rua Cabral, antiga Clínica São José. A obra será custeada por uma emenda parlamentar do deputado Paulo Duarte no valor de R$ 610 mil, com contrapartida do município. “Trata-se de uma aspiração antiga que está se materializando agora, após intervenção do deputado Paulo, conseguindo este recurso importante para reforma do prédio”, explicou o prefeito.

 

O chefe do executivo corumbaense assinou o convênio no final da tarde de quinta-feira (31) em Campo Grande, assegurando assim a liberação dos recursos por parte do Governo do Estado. Ruiter lembrou que cada deputado tem direito de indicar a aplicação de R$ 800 mil do orçamento do Estado nas áreas da educação, saúde e assistência social.

 

“O Paulo indicou uma emenda de R$ 610 mil, mais de meio milhão, para Corumbá, recurso que será destinado às obras de ampliação e reforça do Centro de Especialidades Médicas”, argumentou Ruiter, lembrando que o projeto prevê dotar o centro de 18 especialidades médicas, se tornando uma referência em atendimento ambulatorial especializado.

 

Por estar localização na área central de Corumbá, o CEM, após implantação, vai facilitar o acesso da população ao atendimento médico. A concentração de serviços de saúde pública de qualidade também permitirá a redução no tempo de espera por consultas.

 

O CEM terá área de 2.429 metros quadrados, onde o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) terá acesso a consultas com ortopedista, dermatologista, pediatra, urologista, por exemplo. Os pacientes ainda terão à disposição exames como ultra-som, endoscopia e raio-x.

 

Será dotado também de farmácia básica e oferecerá serviços de fisioterapia, assistência social e psicologia. O projeto prevê inclusive um auditório para 120 pessoas, onde serão desenvolvidos programas de educação em saúde e qualificação de pessoal.

 

Anteriormente, a execução desta obra chegou ser ventilada com apoio da bancada federal de Mato Grosso do Sul, entre eles o então senador Walter Pereira, por meio de emenda parlamentar.