Ruiter anuncia recuperação das principais vias públicas da cidade

A Prefeitura já iniciou um amplo projeto de recuperação das ruas da cidade, com ênfase nas vias públicas localizadas na área central e principais acessos aos bairros de Corumbá, dotados de pavimento asfáltico, lajotas sextavadas ou mesmo paralelepípedos. O cronograma prevê execução dos serviços até o final do ano e a intenção do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) é dotar as vias públicas de totais condições de trafegabilidade.

 

Esta semana, o chefe do executivo corumbaense visitou as obras que estão sendo executadas na Avenida Rio Branco e informou que a maior parte dos recursos previstos na execução desses serviços é proveniente da própria arrecadação municipal, proveniente dos impostos pagos pela população.

 

O prefeito estava acompanhado do secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos, engenheiro Ricardo Ametlla. Vistoriou os serviços executados em uma das pistas da Rio Branco e, em entrevista à imprensa corumbaense, afirmou que material idêntico será utilizado nas principais vias urbanas do centro e bairros da cidade. “Trata-se de um material que proporciona maior vida útil ao pavimento que está sendo possível implantar agora, a partir da instalação de uma usina na cidade”, destacou.

 

No recapeamento asfáltico está sendo aplicado o Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), mesmo material utilizado no recapeamento da Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. Ruiter lembrou que os serviços foram iniciados pela Avenida General Rondon e, agora, estão sendo executados na Rio Branco, já como parte de um projeto de urbanização do principal acesso de entrada à cidade, que prevê ainda recuperação de parte da BR 262, do Parque de Exposição Belmiro Maciel de Barros, até o portal de entrada da cidade; da Avenida Gaturama e Nossa Senhora da Candelária.

 

Somente neste projeto os investimentos somam cerca de R$ 1,6 milhão. O prefeito lembrou que a Mineradora Vale assegurou R$ 300 mil, enquanto o Município entra com R$ 1,3 milhão. Além de recapeamento, o projeto prevê intervenção no próprio portal, construção de rotatórias, além de completa urbanização. Para transformar o local na entrada da cidade, como era antigamente.

 

Toda cidade

 

Ruiter informou ainda que, no decorrer do ano, a Prefeitura vai recuperar as principais vias do centro e de acesso aos bairros de Corumbá, bastante danificadas em virtude das obras de esgoto e da ampliação da rede de água, necessárias, mas que deixaram suas marcas. A Sanesul, responsável pelos serviços de saneamento básico, foi notificada pela Prefeitura, para recuperar o pavimento, evitando maiores prejuízos. Mesmo assim, existem trechos que o asfalto acabou sendo praticamente todo danificado. O município solicitou que seja feita a recuperação, para dar condições de tráfego a estas vias.

 

Somente na recuperação das ruas centrais e principais acessos aos bairros da cidade, como Edu Rocha, Cyríaco Felix de Toledo, Theodomiro Serra, Gonçalves Dias, entre outras, os investimentos previstos atingem cerca de R$ 7 milhões. Todas estas vias, segundo o prefeito, vão receber o mesmo material que está sendo aplicado na Rio Branco, o CBUQ.

 

Paralelepípedo e lajota

 

O chefe do executivo corumbaense disse que a proposta da Prefeitura é recuperar também as vias pavimentadas com paralelepípedos e com lajotas sextavadas. O centro da cidade, por exemplo, será todo restaurado e o cronograma prevê intervenções também em ruas e alamedas existentes nos bairros da cidade.

 

Os trabalhos serão executados inclusive nas vias localizadas na área tombada pelo Patrimônio Histórico, pavimentadas com paralelepípedo, como também na área de entorno, com lajotas sextavadas, que sofreram danos com as obras de ampliação do esgoto e de água.