Corumbá celebra Dia da Retomada e 66 anos da Brigada nesta sexta-feira

Corumbá celebra o Dia da Retomada de Corumbá juntamente com a 18ª Brigada de Infantaria Ricardo Franco nesta sexta-feira (15). A data foi escolhida para aliar o dia 13 de junho, que marca a expulsão das tropas paraguaias que ocupavam a região de Corumbá, com a data que se comemora o 66º aniversário de criação da Organização Militar, lembrado no dia 12. O evento militar começa às 9h30, em frente ao prédio da 18ª Brigada.

 

No dia 12 de junho de 1946 houve a transferência da 2ª Brigada Mista da sede de Campo Grande para Corumbá, cujas funções são exercidas, por meio da coordenação das unidades do Exército existentes na região pantaneira. A data relembra a evolução histórica da presença do Exército Brasileiro na fronteira oeste, além de cultuar o patrono da instituição, Luiz de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres, responsável por comandar a missão de Albuquerque, além de dirigir os fortes de Coimbra, Príncipe da Beira e Ladário, consolidando a defesa da área por meio do bloqueio de suas vias de acesso.

 

Já o dia 13 de Junho marca a expulsão das tropas paraguaias que ocupavam a então província de Mato Grosso, em função da guerra contra o Paraguai. Os paraguaios eram liderados pelos coronéis Vicente Barrios e Izidoro Resquin. A missão deveria tomar o Forte de Coimbra, as Vilas de Albuquerque e de Corumbá. Em dezembro de 1864, os soldados paraguaios invadiram o Forte Coimbra. Ao chegarem à Vila de Corumbá, não encontraram nenhum tipo de resistência.

 

No início de 1865, foi montada a Força Expedicionária de Mato Grosso, mas somente em 13 de junho de 1867, tropas lideradas pelo Marechal Antônio Maria Coelho retomaram Corumbá para posse do Império Brasileiro. O feriado municipal, em homenagem à data, foi instituído pela lei número 0985 de 1.987.