Com índices em queda, Corumbá mantém alerta contra a dengue

As notificações de casos de dengue diminuíram de forma sensível em Corumbá, conforme as últimas semanas epidemiológicas. Até a vigésima quinta, a cidade havia registrado um total de 1.726 notificações, computando inclusive os ‘importados’ das cidades vizinhas bolivianas. No entanto, o levantamento comprova uma redução nas últimas semanas, após atingir 367 casos na semana 16, final do mês de abril, caiu para 22 notificações.

 

A redução de casos, conforme informações da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Corumbá, começou na semana 17, quando ocorreram 230 casos. Em seguida, na 18, foram registradas 109 notificações; 102 na 19; 52 na 20; 68 na 21; 82 na 22; 30 na 23; 31 na 24, e 22 na semana 25, agora em junho.

 

Mesmo em queda, o setor de Vigilância em Saúde da Prefeitura se mantém em alerta. Os trabalhos de combate e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti continuam de forma intensa, na busca de uma redução maior ainda de notificações, bem como dos índices de infestação predial. Conforme o último Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), a cidade apresentou incidência de 3,5%, considerado de alto risco da doença.

 

A coordenadora geral da Vigilância em Saúde, médica veterinária Viviane Ametlla, informou que, logo após este LIRAa, as equipes da  Saúde, com apoio de soldados do Exército Brasileiro e de trabalhadores ligados à Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos, realizaram ações concentradas nos bairros Cristo Redentor, Previsul, Guarany, Nossa Senhora de Fátima, Nova Corumbá, Generoso e centro da cidade, removendo e eliminando depósitos, com o devido tratamento por parte do agente de endemias, quando necessário.

 

Viviane explicou ainda que, na semana 25, a Prefeitura realizou ações por meio de uma equipe que trabalha regiões de difícil acesso. Em atendimento à demanda da Ouvidoria do SUS, o grupo visitou cinco imóveis. Nos locais foram retiradas cerca de 20,5 toneladas de resíduos. O trabalho aconteceu no Jardim dos Estados, centro da cidade, Kadwéus, Aeroporto e no bairro Nossa Senhora de Fátima.

 

Além disso, também na semana 25, deu continuidade à ação pós LIRAa no bairro Cristo Redentor com a retirada de cerca de 30 toneladas de resíduos e  recolhimento de 45 pneus que estavam em locais abertos, propícios para proliferação do mosquito.

 

Já o setor de Educação em Saúde deu continuidade à gincana interbairros contra dengue, realizando contatos com os representantes dos bairros para definir novas estratégias e detalhes do evento.